SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número59REVISIONISMO HISTÓRICO EN ARQUITECTURA, EN EL INTERSTICIO DE LOS SIGLOS XX Y XXI: REIVINDICAR, RESCATAR O NEGAR UNA MEMORIAESTALLIDO SOCIAL EN CHILE Y PROCESOS DE PATRIMONIALIZACIÓN: UN PARADIGMA DE RESIGNIFICACIÓN DE LAS MEMORIAS índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Arquitecturas del sur

versión impresa ISSN 0716-2677versión On-line ISSN 0719-6466

Resumen

GOMEZ PORTER, Pablo Francisco. A HABITAÇÃO COLETIVA DA MODERNIDADE EM TEMPOS DE COVID19. CONTRIBUIÇÕES DO PARADIGMA HABITACIONAL. Arquit. sur [online]. 2021, vol.39, n.59, pp.28-43. ISSN 0716-2677.  http://dx.doi.org/10.22320/07196466.2021.39.059.02.

A habitação coletiva da modernidade gerou um paradigma de desenho urbano-arquitetônico que incorporava espaços cujo design promovia, de acordo com os arquitetos da modernidade, saúde e higiene por meio da circulação de ar puro, iluminação e ventilação naturais no interior das casas, bem como nos espaços compartilhados e de circulação característicos desta tipologia habitacional. Esses elementos de design parecem ser úteis na redução da disseminação do vírus SarsCov2, que atualmente afeta o mundo inteiro. Para verificar esta hipótese, realizou-se um trabalho de campo e on-line com moradores do Centro Urbano Presidente Alemán (CUPA), um conjunto representativo da modernidade arquitetônica localizado na Cidade do México. Mediante reconstruções volumétricas e questionários on-line, foram analisados os elementos de design que incorporam os ideais modernos que visam garantir espaços exteriores e interiores saudáveis; Foi avaliada a utilidade dos equipamentos coletivos, dos espaços de circulação e do desenho dos quatro tipos de habitação existentes no conjunto. Os resultados do estudo e a ausência de casos de COVID19 no CUPA ajudam a demonstrar a legitimidade que a arquitetura moderna recupera durante esta pandemia de escala global, bem como a importância das lições do passado para integrar novos paradigmas de design em uma arquitetura pós-Covid.

Palabras clave : Modernidade; higiene; equipamentos comunitários; conjuntos habitacionais; áreas verdes.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español | Inglés     · Español ( pdf )