SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número44Processos biográficos da modernização no ChileFrancisco Varela e o desenvolvimento das Ciências cognitivas na América Latina índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Polis (Santiago)

versão On-line ISSN 0718-6568

Resumo

GONDIM, Linda M. P. Movimentos sociais contemporâneos no Brasil: a face invisível das Jornadas de Junho de 2013. Polis [online]. 2016, vol.15, n.44, pp.357-379. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682016000200016.

Analisa-se as manifestações que irromperam em centenas de cidades brasileiras em junho de 2013, cujo estopim foi a brutal repressão aos protestos contra o aumento das passagens de transportes coletivos em São Paulo. A rápida multiplicação dos protestos foi causada, principalmente, pela insatisfação com a política institucional, a corrupção e a escassez de investimentos públicos em educação e saúde, em contraste com aqueles destinados a megaeventos esportivos sediados pelo Brasil (Copa das Confederações de 2013, Copa do Mundo de 2014 etc.). Argumenta-se que a gênese espontânea das jornadas de junho tem sido superestimada, pois nelas tiveram participação ativa movimentos sociais preexistentes, cujas ações são eram massivas, nem amplamente publicizadas (Movimento Passe Livre, Comitês Populares da Copa e outros). Esses movimentos, tanto quanto as jornadas de junho de 2013, têm pautas e participantes heterogêneos. Em ambos os casos, não há centros formais de comando e as articulações são viabilizadas pela internet.

Palavras-chave : jornadas de junho; movimentos sociais urbanos; movimento passe livre; governos do pt.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons