SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número42Do discurso para as práticas: as políticas sociais e de psicologia comunitária no ChileLa Guera: análise reflexiva e interseccional do trabalho de campo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Polis (Santiago)

versão On-line ISSN 0718-6568

Resumo

RIFO, Mauricio. Educação como uma abertura política contra a desigualdade. Polis [online]. 2015, vol.14, n.42, pp.415-436. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682015000300019.

O artigo discute as implicações teóricas da mudança social através da compreensão do presente. Este presente não é apenas a carga temporária de linearidade histórica, mas sua amplitude expansiva e contemporânea dos conflitos sociais. Portanto, o conflito social é o pano de fundo das situações socialmente instituídas, cuja construção no atual cenário basea-se na reprodução e aprofundamento de lógicas da desigualdade. Neste sentido, a normalidade escola reproduz tais lógicas de desigualdade, porém esta condição se encontra permanentemente interrompida por singularidades educacionais. Em definitiva, o ato educativo opõe-se à escolarização para realizar eventos de abertura-ruptura promovidos por sujeitos que buscam a transformação da ordem social desigualmente construída.

Palavras-chave : Presente; conflitos sociais; educação; desigualdade.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons