SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número57El estudio de la Isla de Calor Urbana de Superficie del Área Metropolitana de Santiago de Chile con imágenes Terra-MODIS y Análisis de Componentes PrincipalesEcología política y represas: elementos para el análisis del Proyecto HidroAysén en la Patagonia chilena índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista de geografía Norte Grande

versão On-line ISSN 0718-3402

Resumo

DA PENHA PACHECO, Admilson; MIKOSZ GONCALVES, Rodrigo; RODRIGUES VIANA DE LIMA, Eduardo  e  GARCIA XIMENES QUINTANS, Alex. Sensoriamento remoto de alta resolução espacial na caracterização de assentamentos informais. Rev. geogr. Norte Gd. [online]. 2014, n.57, pp.143-159. ISSN 0718-3402.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34022014000100010.

O crescimento acelerado do processo de expansão urbana gera situações de vulnerabilidade socioambiental através do surgimento de assentamentos espontâneos, os quais são ocupados por populações de baixa renda. Os assentamentos informais são manifestações físicas e espaciais da pobreza urbana e da desigualdade intra-urbana. Sua generalização nos países subdesenvolvidos está relacionada ao processo de "urbanização da pobreza". O sensoriamento remoto possibilita uma visão espacial da cidade e dos processos modificadores que impactam o meio ambiente e degrada a qualidade de vida urbanística, fornecendo informações para facilitar a tomada de decisão no planejamento urbano. O presente trabalho tem como objetivo estabelecer uma metodologia baseada na análise orientada a objeto, aplicada em imagens de satélite de alta resolução espacial, para caracterizar as áreas de assentamentos informais. Uma discussão teórica sobre a urbanização e os assentamentos informais faz parte da introdução deste trabalho. O estudo foi realizado no Bairro dos Ipês no município de João Pessoa/PB/Brasil. A área total classificada pelos assentamentos informais foi de 29.342 m2, que representa 1,6% da área total do bairro. A metodologia mostrou-se eficiente na identificação de áreas de assentamentos informais, servindo como instrumento à atualização cadastral e planejamento urbano.

Palavras-chave : urbanização; sensoriamento remoto; assentamentos informais; análise baseada em objeto.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons