SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número62Elaboración y Validación de un Instrumento para la Medición de la Violencia Laboral Externa y sus Factores de Riesgo en Población de Trabajadores y Trabajadoras Chileno/asModelo de Intervención de Riesgos Psicosociales en la Red Asistencial de Salud índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Ciencia & trabajo

versão On-line ISSN 0718-2449

Resumo

JEFFERSON MARTINS, Ronald et al. Percepção das Precauções Padrão, Prática do Reencape de Agulhas e Condutas Frente a Acidente com Material Biológico de Equipes de Saúde Bucal do Serviço Público Odontológico. Cienc Trab. [online]. 2018, vol.20, n.62, pp.70-75. ISSN 0718-2449.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-24492018000200070.

O presente estudo objetivou verificar o conhecimento e adesão às precauções padrão (PP), em especial a prática de não reencapar agu lhas; as ações a serem tomadas diante acidentes e aspectos relativos à prevenção de infecções, pelas equipes de saúde bucal da rede públi ca de um município do Estado de São Paulo, Brasil. Também observar os materiais descartados nos recipientes do grupo E em todas as unidades de atendimento odontológico do município. Aplicou-se um questionário semiestruturado, com perguntas direcionadas ao tema. Dos 79 pesquisados, 60 responderam ao questionário, onde 33 (55%) eram cirurgiões-dentistas. 34 (56,6%) profissionais não sabiam o que eram as PP e 43 (71,6%) afirmaram reencapar agulhas. 27 (44,9%) já sofreram algum tipo de acidente com material perfurocortante, contaminado ou sangue e 44 (73,3%) desconheciam ou se equivocaram sobre quais os cuidados imediatos em caso de exposição cutânea ou percutânea. Em relação à análise dos recipientes de descarte, observaram-se 5.193 agulhas descartadas, sendo 3.790 (73%) reencapadas em um, ou ambos os lados. Também o descarte incorreto de materiais não perfurocortantes. Conclui-se que existe falha no conhecimento sobre precauções padrão e condutas em casos de acidentes com mate rial biológico, além do incorreto descarte de materiais nos recipientes do grupo E.

Palavras-chave : pessoal de saúde; precauções universais; riscos ocupacionais; exposição a agentes biológicos; agulhas; fermentos penetrantes.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )