SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número42Os marcadores de juventude: A complexidade das idadesJovens e confiança política em um contexto de desestabilização social e institucional: Um estudo comparativo nos países da Bacia do Mediterrâneo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Ultima década

versão On-line ISSN 0718-2236

Resumo

ELIZALDE, Silvia. Estudos de juventude no Cone Sul: Epistemologias que persistem, desaprendizagens pendentes e compromisso intelectual. Uma reflexão em código de gênero. Ultima décad. [online]. 2015, vol.23, n.42, pp.129-145. ISSN 0718-2236.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-22362015000100007.

Neste trabalho sistematizo algumas de minhas reflexões sobre as gramáticas epistemológicas que projetam o campo dos estudos de juventude em meu país, Argentina, como parte de uma exploração mais ampla em andamento centrada nos pressupostos ideológicos ali presentes em torno à relação entre classe, gênero e idade. Isto em sintonia com o convite dos/das colegas chilenos/as a repensar os «marcadores» que melhor definem, hoje, os/as sujeitos jovens no contexto atual de nossos países do Cone Sul. Esboço, de igual maneira, alguns dos desafios enfrentados por nossas práticas de pesquisa e nosso compromisso intelectual nestas novas condições.

Palavras-chave : «marcadores» de juventude; gênero e sexualidades; identidade; diferença e desigualdade; desafios políticos.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons