SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número42Uma Representação metafórica da ação política nos estudantes das Universidades chilenasO movimento estudantil secundarista na Argentina democrática: Um percurso possível por suas continuidades e reconfigurações. Provincia de Buenos Aires, 1983-2013 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Ultima década

versão On-line ISSN 0718-2236

Resumo

URZUA MARTINEZ, Sergio. Como marcham os jovens no Chile da pósditadura?: Algumas notas sobre a apropriação do espaço público e o uso político do corpo. Ultima décad. [online]. 2015, vol.23, n.42, pp.39-64. ISSN 0718-2236.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-22362015000100003.

Este trabalho analisa as marchas acontecidas em 2011 no contexto do conflito estudantil chileno. A hipótese é que as ações de apropriação física e simbólica da rua desenvolvidas neste contexto permitiram a emergência da política no Chile da pósditadura. A centralidade dos recursos expressivos, o esbanjamento de energias, a diversidade performática e o caráter disruptivo destas ações, possivelmente possibilitaram a disputa pelo caráter «público» do espaço e a democratização do campo de visão. Com isto, os jovens que careciam do direito de aparecer politicamente, o faziam para expor suas razões e pensar como seria o futuro.

Palavras-chave : política; espaço público; corpos/emoções.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons