SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número38JUVENTUDES ESCOLARIZADAS E METAFORAS SOBRE O LICEO PUBLICO MUNICIPAL NO CHILE CONTEMPORÂNEO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ultima década

versão On-line ISSN 0718-2236

Resumo

BRUNET, Ignasi  e  PIZZI, Alejandro. A DELIMITAÇÃO SOCIOLÓGICA DA JUVENTUDE. Ultima décad. [online]. 2013, vol.21, n.38, pp.11-36. ISSN 0718-2236.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-22362013000100002.

O objetivo deste artigo é abordar as conceituações existentes sobre a categoria sociológica juventude. Primeiro, o texto esboça de forma sucinta a conceituação funcionalista dos ciclos da vida e, mais extensamente, a conceituação biográfica -também chamada sociológica-, da transição. Esta última surge a partir da crise no emprego, em meados dos anos 1970, que gerou um aumento nas taxas de desemprego juvenil e no atraso da inserção dos jovens no mercado de traballio estável. Em segundo lugar, o artigo expõe a conceituação nominalista, que parte da teoria de gerações de Mannheim. Finalmente, na conclusão, destaca-se que um dos desafios presente em nosso campo de estudo -ainda não devidamente resolvido-, é a delimitação sociológica da juventude.

Palavras-chave : transição; geração; classe social.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons