SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número24PERCEPÇÕES DE JOVENS SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NO ÂMBITO ESCOLAR índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ultima década

versão On-line ISSN 0718-2236

Resumo

CASTILLO PENA, Jorge. REPRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DO «PAPEL DOCENTE» OU REPRESENTAÇÃO DO «JOVEM POPULAR» COMO ALUNO?: Algumas reflexões sobre a tensão que fundamenta «o processo educativo» no ensino secundário em contextos de pobreza. Ultima décad. [online]. 2006, vol.14, n.24, pp.11-36. ISSN 0718-2236.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-22362006000100002.

Este artigo discute os elementos que estão na base do processo educativo nos liceus em contextos de pobreza, analisando as implicações da «representação social» que os professores têm de seus alunos neste processo. Esta investigação aponta uma primeira pista: de que a forma que os professores se representam a seus alunos é determinada pelas normas e pelo papel que a instituição escolar lhes atribui. Porém, o liceu de hoje é uma instituição no sentido clássico do termo? As ferramentas com as quais este quadro institucional dota o corpo docente lhes permite resolver as tensões que a prática lhes apresenta? Ao que parece, a massificação, com a inclusão de um novo público escolar, passa a questionar as bases mais fundamentais que a constituíam. Então, com base em que fundamentos o processo educativo se define? Aparentemente, estaria sendo definido pela representação que os professores fazem de seus alunos, configurada a partir do domínio propriamente escolar e de fontes externas. Esta representação estaria pautando o que «se faz» no liceu, exigindo uma nova configuração do papel docente, e até mesmo, uma nova maneira de se conceber a educação.

Palavras-chave : Representação social; Juventude popular; Educação.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons