ISSN 0719-5389 versão online
ISSN 0718-7017 versão impressa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

Escopo e política

A revista é composta por duas seções, música e ensino de música, nas quais serão publicados artigos e ensaios, que devem ser originais e ser um estudo ou pesquisa concluída ou que esteja em um importante grau de progresso que permita a publicação de Seus resultados No caso de trabalhos decorrentes de um projeto de pesquisa com financiamento, o nome e o código do projeto e a fonte ou fontes de financiamento devem ser indicados na primeira nota de rodapé. Além disso, a revista publica outras contribuições, como revisões bibliográficas, reflexões, comentários, entrevistas ou avanços na pesquisa, desde que cumpram a missão.

A revista Neuma aceitará apenas obras originais e inéditas das áreas de música e ensino de música, a serem publicadas nos meses de agosto (volume 1) e dezembro (volume 2) de cada ano.

Uma vez recebidos os textos, será realizado um exame preliminar pela gerência da revista para verificar se o assunto corresponde às seções declaradas na missão, bem como com relação ao seu caráter original. O diretor da revista tem o direito de recusar uma colaboração quando não corresponder às seções acima mencionadas ou se sua qualidade substantiva parecer ser ostensivamente e indiscutivelmente inferior.

Se o trabalho for considerado admissível, ele será submetido à consideração do comitê editorial, que decidirá de forma inapelável sobre a publicação do trabalho. Para esse fim, o comitê solicitará relatórios de avaliadores externos nacionais ou estrangeiros, que por meio de diretrizes de avaliação que garanta o cumprimento dos padrões de originalidade, qualidade, relevância e fundamento, sugerirá sobre a publicação ou não do trabalho.

Dado o rigor do processo de revisão por pares, o anonimato do autor e dos avaliadores será mantido o tempo todo durante o processo, que será externo à instituição editora. Por fim, para os trabalhos aceitos, o editor pode propor sugestões que permitam enriquecer o texto, que deve ser incluído pelo autor em curto prazo, a menos que ele apresente uma justificativa relevante ao contrário. O parecer sobre a aceitação da contribuição será informado aos autores em um prazo não superior a quatro meses após a recepção do trabalho.

Forma e prepação de manuscritos

Os artigos devem ser redigidos em espanhol, inglês ou português e submetidos em formato Word em Times New Roman 12, juntamente com dois resumos (um em espanhol e outro em inglês) com um comprimento máximo de cem palavras cada e três palavras chaves nos dois idiomas. Os originais não serão devolvidos aos autores. O comprimento máximo de artigos e ensaios não deve exceder vinte e cinco páginas, tamanho de letra e espaçamento simples, incluindo bibliografia, exemplos, gráficos, tabelas e / ou fotografias. A extensão máxima para outras contribuições não deve exceder dez páginas, no mesmo formato, e cinco para revisões bibliográficas.

Os exemplos musicais devem ser enviados em arquivo separado, escrito em Finale ou programa compatível, e em formato jpg ou tiff com resolução de 300 dpi, sua localização deve ser claramente indicada no texto.

As citações bibliográficas listadas no texto e na bibliografia devem chegar ao final do artigo; ordenados de forma correlativa ou através de um índice bibliográfico classificado em ordem alfabética. O índice bibliográfico e as citações no artigo ou ensaio devem ser escritos da seguinte forma: sobrenome e nome ou inicial do nome do (s) autor (es) em minúsculas, ano de publicação, título do livro em negrito, local de impressão, editorial e número (s) de página, se aplicável. Por exemplo:

Meyer, Leonard B. (2000). El estilo en la música. Teoría musical, historia e ideología. Madrid: Ediciones Pirámide, p. 19.

Se uma publicação tiver dois ou mais autores, a entrada deverá ser feita da seguinte maneira:

Grout, Donald J. y Claude Palisca (2006). Historia de la música occidental, Vol. 1. Madrid: Alianza Música, pp. 123-126.

Se é um artigo que está dentro de um livro, a citação deve ser escrita de maneira semelhante; exceto que o nome do artigo estará entre aspas e o nome do livro ficará em negrito. Após citar o livro, este deve ser indicado aos editores. Por exemplo:

Chatterjee, Partha (2000). “El nacionalismo como problema en la historia de las ideas políticas”, La invención de la nación. Lecturas de la identidad de Herder a Homi Bhabha. Álvaro Fernández Bravo (editor). Buenos Aires: Ediciones Manantial, pp. 124-135.

No caso de uma publicação periódica, o nome da revista ou jornal ficará em itálico e o volume, número e páginas serão adicionados. Por exemplo:

Cook, Nicholas (2003). “La forma musical y el oyente”, Quodlibet, 25, pp. 13-14.

No caso de uma tese, a entrada deve ser feita da mesma maneira, exceto que o nome da tese será em itálico (sem negrito).

Cabrera, Valeska (2009). La reforma de la música sacra en la Iglesia Católica chilena. Contexto histórico – social y práctica musical. 1885 – 1940. Tesis para optar al grado de Magíster en Artes, Pontificia Universidad Católica de Chile.

No caso de citar a mesma fonte duas ou mais vezes (e, assim, evitar o uso de abreviações como id, ibid., Ou op. Cit., Por exemplo), a entrada deve ser feita da seguinte maneira:

a) No caso de livros:

Meyer (2000). El estilo en la música…, p. 25.

b) No caso de revistas:

Cook (2003). “La forma musical…”, p. 15.

No caso de citações ou referências a jornais, a inscrição deve ser feita da seguinte forma:

El Ferrocarril, XIV/4183 (martes 30 de marzo, 1869), p. 2, c. 4.

No caso de citar fontes não editadas, a entrada deve ser feita da seguinte maneira:

Archivo Nacional Histórico de Chile, Fondo Real Audiencia, vol. 2601, pieza 8. Contra el indio Angelino por el homicidio del indio Francisco, Santiago, 1701, fjs. 158v-159v.

Além disso, deve ser indicado entre parênteses após o fundo, a sigla que será usada no futuro se o arquivo e o fundo forem citados novamente. Junto com isso, um índice de acrônimos usados deve ser incorporado na bibliografia.

Finalmente, no caso de citar referências em formato eletrônico, deve ser feito da seguinte maneira:

Nettl, Bruno (2003). “Reflexiones sobre el siglo XX. El estudio de los otros y de nosotros como etnomusicológos”, TRANS-Revista Transcultural de Música 7 (artículo 7). Consultado el 15 de agosto de 2013.

Envio manuscritos

As contribuições podem ser enviadas a qualquer momento do ano para os seguintes e-mails neuma@utalca.cl O e-mail ao qual o trabalho está anexado deve conter a solicitação de publicação, o nome do autor, o grau acadêmico e a afiliação institucional.

[Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Universidad de Talca
Escola de Musica

Avenida Lircay s/n
CEP 3460000
Talca - Chile
Tel.: (56-71) 2414617
Fax: (56-71) 2414617


revistaneuma@utalca.cl