SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Referencias del artículo

RENNO JUNQUEIRA, Cilene; TAVARES DA SILVA, Priscila Machado; RENNO JUNQUEIRA, Simone  y  RAMOS, Dalton Luiz de Paula. O ensino de bioética: avaliação discente por meio de fóruns de discussão na Internet. Acta bioeth. [online]. 2012, vol.18, n.1, pp. 93-100. ISSN 1726-569X.  http://dx.doi.org/10.4067/S1726-569X2012000100008.

    1. Shotton L, Seedhouse D. Practical dignity in caring. Nurs Ethics 1998; 5(3): 246-255. [ Links ]


    2. Walsh K, Kowanko I. Nurses’ and patients’ perceptions of dignity. Int J Nurs Pract 2002; 8(3): 143-151. [ Links ]


    3. Griffin-Heslin VL. An analysis of the concept dignity. Accid Emerg Nurs 2005; 13(4): 251-257. [ Links ]


    4. Matiti MR, Trorey GM. Patients’ expectations of the maintenance of their dignity. J Clin Nurs 2008; 17(20): 2709-2717. [ Links ]


    5. Organização das Nações Unidas (ONU). Declaração Universal dos Direitos Humanos. Genebra: ONU; 1948. [ Links ]


    6. Palazzani L. La fundamentación personalista en Bioética. Cuadernos de Bioética 1993; 14(2): 48-54. [ Links ]


    7. Sgreccia E. Manuale di Bioetica. Vol. I – Fondamenti de etica biomedica. Milano: Vita e Pensiero; 2003. [ Links ]


    8. Beach MC, Sugarman J, Johnson RL, Arbelaez JJ, Duggan PS, Cooper LA. Do patients treated with dignity report higher satisfaction, adherence, and receipt of preventive care? Ann Fam Med 2005; 3(4): 331-338. [ Links ]


    9. Brasil. Ministério da Saúde. Ministério da Educação. Resolução CNE/CNS 3/2002. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Odontologia. Diário Oficial da União, Brasília, 4 de março de 2002. Seção 1, p.10, Brasília, 2002. [ Links ]


    10. Delors J. Educação: um tesouro a descobrir. São Paulo: Cortez, UNESCO, MEC; 1999. [ Links ]


    11. Brasil. Ministério da Saúde. Ministério da Educação. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde – Pró-saúde. Brasília; 2005. Disponível em http://www.saude.gov.br/sgtes. Acesso em 12 de abril de 2007. [ Links ]


    12. Macedo MCS, Antoniazzi JH. The benefits and newly required practices brought about by innovations in the communication between professionals. Braz Oral Res 2009; 23(2): 99-100. [ Links ]


    13. Laguardia J, Portela MC, Vasconcellos MM. Avaliação em ambientes virtuais de aprendizagem. Educação e Pesquisa 2007; 33(3): 513-530. [ Links ]


    14. Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; 2009. [ Links ]


    15. Richards L, Morse JM. Readme first for a user’s guide to qualitative methods. Thousand Oaks: Sage Publications; 2007. [ Links ]


    16. Minayo MC. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 11a ed. São Paulo: Hucitec, 2008. [ Links ]


    17. Seale C, Charteris-Black J, MacFarlane A, McPherson A. Interviews and internet forums: a comparison of two sources of qualitative data. Qual Health Res 2010; 20(5): 595-606. [ Links ]


    18. Junqueira CR, Ramos DLP. Aspectos éticos da percepção de pacientes em atendimento odontológico. Rev Bras Cien Saúde 2007; 11(1): 95-102. [ Links ]


    19. Freitas SFT, Kovaleski DF, Boing AF. Desenvolvimento moral em formandos de um curso de odontologia: uma avaliação construtivista. Ciênc Saúde Coletiva 2005; 10(2): 453-462. [ Links ]


    20. Hoga LAK. A dimensão subjetiva do profissional na humanização da assistência à saúde: uma reflexão. Rev Escola de Enfermagem da USP 2004; 38(1): 13-20. [ Links ]


    21. Austin W, Park C, Goble E. From interdisciplinary to transdisciplinary research: a case study. Qual Health Res 2008; 18(4): 557-564. [ Links ]


    22. Léon Correa FJ. Enseñar bioética: cómo trasmitir conocimientos, actitudes y valores. Acta Bioethica 2008; 14(1): 11-18. [ Links ]


    23. Rego S, Gomes AP, Siqueira-Batista R. Bioética e humanização como temas transversais na formação médica. Rev Bras Educ Med 2008; 32(4): 482-491. [ Links ]


    24. Ferreira HM, Ramos LH. Diretrizes curriculares para o ensino da ética na graduação em enfermagem. Acta Paul Enferm 2006; 19(3): 328-331. [ Links ]


    25. Blasco PG, De Otálora MSD, Pastushenko J, Trota RA. ¿Cómo enseñar bioética en el pregrado? Reflexiones sobre experiencias docentes. Aten Primaria 2009; 41(2): 103-108. [ Links ]


    26. Aires CP, Hugo FN, Rosalen PL, Marcondes FK. Teaching of Bioethics in dental graduate programs in Brazil. Braz Oral Res 2006; 20(4): 285-289. [ Links ]


    27. Musse JO, Boing AF, Martino FS, Silva RHA, Vaccarezza GF, Ramos DLP. O Ensino da bioética nos cursos de graduação em odontologia do estado de São Paulo. Arq Ciênc Saúde 2007; 14(1): 13-16. [ Links ]


    28. Boyd LD. Reflections on clinical practice by first-year dental students: a qualitative study. J Dent Educ 2002; 66(6): 710-720. [ Links ]