SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número1Uma visão mais realista da Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiênciaAvaliação moral de adoção de embriões humanos congelados, em consideração ao Magistério da Igreja Católica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Acta bioethica

versão On-line ISSN 1726-569X

Resumo

JUNGA KIM, Claire. Quem deve ser um pai? Paternidade e a importância da escolha reprodutiva. Acta bioeth. [online]. 2017, vol.23, n.1, pp.129-136. ISSN 1726-569X.  http://dx.doi.org/10.4067/S1726-569X2017000100129.

As várias tecnologias reprodutivas expandiram o poder que as pessoas têm de controlar suas funções corporais. Porque estas tecnologias trouxeram novas configurações de pessoas cujo papel é fundamental para o processo reprodutivo, ambiguidades emergiram sobre a atribuição da paternidade. Eu insisto que a consideração intencional entre quatro quadros explicativos para a paternidade ganha mais validade, quando oportunidades de exercer a intenção de aumentam. Eu estendo a consideração intencional, utilizando a explicação de Scanlon, do "Valor de escolha”. Scanlon explica que a escolha tem um poder de justificação; ou seja, pelo fato de ter uma escolha, um aceita as consequências normativas de uma decisão. As atuais mudanças em tecnologias de reprodução significam que existem várias condições para escolher. Enquanto mantendo o poder de justificação do valor da escolha, a consideração intencional torna-se suficientemente inclusiva para abranger o status quo, plausível mesmo em situações onde uma intenção não existe ou não é exercida.

Palavras-chave : pais; status de paternidade; reprodução; tecnologia reprodutiva; técnicas de reprodução assistidas.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )