SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número2Inequidades en salud bucal: Factores que determinan su realidad en ChileEstigma, discriminación y adherencia al tratamiento en niños con VIH y SIDA: Una perspectiva bioética índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Acta bioethica

versión On-line ISSN 1726-569X

Resumen

VITERBO DE FARIA, Tiago; PESSALACIA, Juliana Dias Reis  y  DA SILVA, Eduardo Sérgio. Fatores de risco no uso de antimicrobianos em uma instituição hospitalar: reflexões bioéticas. Acta bioeth. [online]. 2016, vol.22, n.2, pp.321-329. ISSN 1726-569X.  http://dx.doi.org/10.4067/S1726-569X2016000200019.

Estudo descritivo e exploratório, retrospectivo, realizado a partir da coleta em prontuários de pacientes de uma unidade hematológica de um hospital de grande porte do município de Divinópolis, Minas Gerais, Brasil, com o objetivo de identificar fatores de risco no uso de antimicrobianos, no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2012. A partir dos fatores identificados, foram propostas reflexões bioéticas baseadas no princípio da não maleficência, com enfoque para a questão da resistência bacteriana. Identificou-se como fatores de risco, a falta de adoção de medidas de precaução conforme o tipo de microorganismos, o uso empírico dos antimicrobianos, a não solicitação de cultura com antibiograma, a falta de adesão aos protocolos institucionais do serviço de controle de infecção e o tempo prolongado de internação hospitalar. Os resultados evidenciaram situações de risco que demonstram o uso irracional de antimicrobianos na instituição estudada, levando a riscos e até mesmo danos aos pacientes e contribuindo para o aumento da resistência bacteriana. Ressalta-se a importância de investimentos em pesquisas e na produção de novos antimicrobianos, entretanto, devem-se adotar medidas de controle e prevenção dos riscos associados à utilização indevida dos mesmos, conscientização profissional, institucional e da própria sociedade.

Palabras clave : agentes anti-infecciosos; fatores de risco; bioética; resistência bacteriana.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons