SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número2Estatuto ontológico do embrião humano como pessoa: Uma perspectiva a partir da investigação biológica na América LatinaValoração ética das novas opções reprodutivas nas enfermidades mitocondriais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Acta bioethica

versão On-line ISSN 1726-569X

Resumo

DE MIGUEL BERIAIN, Iñigo; ATIENZA MACIAS, Elena  e  ARMAZA ARMAZA, Emilio José. Algumas considerações sobre a transferência mitocondrial: um novo problema para a bioética?. Acta bioeth. [online]. 2016, vol.22, n.2, pp.203-211. ISSN 1726-569X.  http://dx.doi.org/10.4067/S1726-569X2016000200007.

Em fevereiro de 2015 o Reino Unido deu o primeiro passo para a aprovação da transferência mitocondrial como técnica terapêutica. Teoricamente, graças a isso será possível a muitas mulheres engendrar descendência livre de patologias associadas a defeitos mitocondriais. No entanto, esta prática enfrenta severas dúvidas a partir de um ponto de vista ético. Entre as objeções destacam: sua estreita vinculação com a clonagem humana; a alteração dos genes da linha germinal; a modificação da identidade do ser humano ao qual dará lugar; a destruição de embriões humanos que envolve, ou o elevado risco que encerra para a saúde do ser humano resultante. Neste texto se analisa a solvência de todas estas objeções de forma crítica, ressaltando as fortalezas de algumas delas. Em particular, se advoga por uma restrição cuidadosa do uso desta técnica, que se promova o emprego de alternativas mais respeitosas com a saúde do futuro ser humano.

Palavras-chave : substituição mitocondrial; clonagem; diagnóstico genético pré-implantacional; terapias gênicas.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons