SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número30La proyección urbana de un creador: Víctor Jara y la canción "Las casitas del barrio alto" índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

STEFONI, Carolina. Migração, remessas e desenvolvimento.: Estado da arte da discussão e perspectivas. Polis [online]. 2011, vol.10, n.30, pp. 495-521. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682011000300023.

O fluxo de remessas dos migrantes desde os lugares que trabalham para famílias que residem nos países de origem, tem se transformado ao longo das últimas duas décadas um tema de debate internacional que atrai ampla participação de diversos atores. A partir da análise inicial focado no papel que devem desempenhar esses fluxos de dinheiro para o desenvolvimento das comunidades locais e, eventualmente, das economias nacionais. Este artigo discute vários aspectos da discussão sobre relacionamento das remessas e do desenvolvimento. Contextualiza a origem eo significado desses fluxos, dando importância à situação histórica que favorece a importância atual destes, também são discutidas diferentes definições de remessas e os principais discursos articulados sobre a relação remessas e desenvolvimento, para compreender os elementos políticos e ideológicos subjacentes quando afirma-se que as remessas são um meio de desenvolvimento econômico das comunidades. Analisa-se os programas do governo para apoiar projetos produtivos, especialmente no México e El Salvador. A revisão da literatura revela que os programas desenvolvidos são relativamente novos e não é uma de suas abordagens para o uso de remessas como um elemento no combate à pobreza, mas para a migração com um conceito multidimensional do desenvolvimento social.

Palabras clave : remessas; migração; desenvolvimento local; capital social.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español