SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número30Espacio público y participación ciudadana en la gestión pública en Chile: límites y posibilidadesMovimiento estudiantil y transformaciones sociales en Chile: una perspectiva sociológica índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Polis (Santiago)

versión On-line ISSN 0718-6568

Resumen

DE SENA, Angélica  y  CHAHBENDERIAN, Florencia. Argentina, ¿trabalha?: Algumas reflexões e olhares do Plano “Renda social com trabalho”. Polis [online]. 2011, vol.10, n.30, pp. 77-98. ISSN 0718-6568.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-65682011000300004.

Na última década, na Argentina implementou uma série de políticas sociais chamado sócio-produtivas, sócio-econômicas e sócio-laborais, a fim de melhorar a situação de desemprego ou insegurança no emprego da população. O mesmo pode ser considerada uma forma de compensar os efeitos da exclusão da produção e regime de acumulação em vigor. Neste contexto, em 2009 nasceu o Plano “Renda Trabalho Social” do Ministério do Desenvolvimento Social, que afirma objetivo de criar oportunidades iguais de emprego genuíno, baseado em trabalho organizado e da comunidade, incentivar e promover o estabelecimento de organizações sociais de trabalhadores, que será responsável pelo desenvolvimento das ações. Este artigo tentará analisar estes objectivos a partir do relato dos destinatários do Plano, analisando três conceitos-chave: cooperativas, trabalho e inclusão.

Palabras llave : Políticas Sociais; Argentina Plano de Trabalho; Inclusão; Emprego; Cooperativas.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español