SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Efeito de produtos químicos sobre a mancha bacteriana (Xanthomonas perforans) e na ativação de proteínas relacionadas à patogênese em tomateiroEvaluación de dos estilos productivos de trigo chileno mediante metodología de análisis de ciclo de vida (ACV) índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Idesia (Arica)

versión On-line ISSN 0718-3429

Resumen

ALFREDO RAUER DE, Luís  y  CARLOS MARINGONI, Antonio. Controle da mancha angular do feijoeiro com uso de fungicidas e seu efeito na produção das plantas. Idesia [online]. 2012, vol.30, n.2, pp. 93-100. ISSN 0718-3429.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34292012000200012.

A mancha angular, causada por Phaeoisairopsis griseola, é uma doença de grande importância para a cultura do feijoeiro no Brasil. Em condições climáticas propícias, cultivares suscetíveis apresentam perdas significativas devida a doença. O uso de fungicidas é um mecanismo fundamental para o manejo da mancha angular nestas condições. O presente trabalho teve por objetivos: a) verificar a ação de alguns fungicidas sobre alterações fisiológicas de plantas de feijoeiro (índices de fotossíntese líquida e condutividade estomática); b) avaliar a eficácia de alguns fungicidas registrados para a cultura no controle da mancha angular; c) analisar a influência dos mesmos sobre alguns parâmetros agronômicos (massa de 100 grãos, número de grãos por vagem e número de vagens por plantas) do feijoeiro cultivar Pérola. Para tanto, quatro ensaios foram conduzidos, dois em condições de telado e dois ensaios sob condições de campo. Foi constatado que a pulverização de piraclostrobina, tebuconazole e tebuconazole + trifloxistrobina elevou os níveis de fotossíntese, porém não alterou a condutância estomática das plantas. A pulverização dos fungicidas tebuconazole, piraclostrobina, metiram + piraclostrobina e azoxistrobina proporcionaram os melhores níveis de controle da doença e também os maiores valores de massa de 100 grãos, com exceção da azoxistrobina para este parâmetro.

Palabras llave : Phaseolus vulgaris L; Phaeoisairopsis griseola; controle químico.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués