SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número1Parâmetros indicadores do potencial de mineralização do nitrogênio de compostos orgânicosCaracterización física y reológica de semillas de tres leguminosas arbóreas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Idesia (Arica)

versão On-line ISSN 0718-3429

Resumo

FRANCA DA CUNHA, Fernando et al. Produtividade da Brachiaria brizantha cv. Xaraés em diferentes manejos e doses de adubação, períodos de descanso e épocas do ano. Idesia [online]. 2012, vol.30, n.1, pp. 75-82. ISSN 0718-3429.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34292012000100009.

Experimentos já foram conduzidos no Leste do Estado de Minas Gerais visando à avaliação de gramíneas forrageiras onde destacou-se a Brachiaria brizantha cv. Xaraés. Diante disso, decidiu-se intensificar a pesquisa conduzindo-se um experimento em esquema de parcelas sub-subdivididas, tendo nas parcelas um esquema fatorial 2 x 2 (épocas climáticas e manejos de adubação), nas subparcelas quatro períodos de descanso e nas sub-subparcelas seis níveis de adubação, no delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. As épocas climáticas foram outono/inverno e primavera/verão. Os períodos de descanso foram de 21, 28, 35 e 42 dias. Os manejos de adubação foram convencional e fertirrigação. Para diferenciar as doses de adubação no tratamento fertirrigado, utilizou-se a aspersão em linha. As doses de adubação tiveram uma relação entre nitrogênio e potássio de 1 N: 0,8 K2O e foram de 0, 15, 39, 64, 83 e 100% da referência (700 e 560 kg de N e K2O). A produtividade de matéria seca foi obtida por meio do material seco em estufa ventilada a 60 °C, por 72 h. Verificou-se, em geral, que a estação seca apresentou menor produtividade de MS; porém, em média, a produtividade obtida na estação outono/inverno foi de 75% daquela obtida na estação primavera/verão. Os manejos de adubação não influenciaram os valores de produtividade de MS, porém o aumento da dose de adubação proporcionou efeito linear positivo no capim-xaraés fertirrigado na estação outono/inverno e quadrático nos demais tratamentos. Os períodos de descanso proporcionaram efeito quadrático apenas no tratamento fertirrigado e estação outono/inverno.

Palavras-chave : fertirrigação; aspersão em linha; matéria seca.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português