SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número58Evaluación de niveles de estrés de estudiantes de medicina de la universidad del sur. Caso: Ciudad GuzmánViolencia de Género en el Trabajo en Chile. Un Campo de Estudio Ignorado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Ciencia & trabajo

versão On-line ISSN 0718-2449

Resumo

ANDRADE, Rubian Diego et al. Absenteísmo na Indústria está Associado com o Trabalho em Turnos e com Problemas no Sono. Cienc Trab. [online]. 2017, vol.19, n.58, pp.35-41. ISSN 0718-2449.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-24492017000100035.

Introdução:

Cada vez mais as indústrias mantêm seu volume de produção durante as 24h horas do dia. Esta reorganização temporal traz repercussões importantes para a saúde do trabalhador. O objetivo deste estudo foi analisar os fatores associados ao absenteísmo em trabalhadores de diferentes turnos de uma indústria de grande porte do sul do Brasil.

Método:

A amostra foi composta por 885 profissio nais com média de idade de 31,1(8,5) anos de uma indústria do setor de telecomunicação. A variável dependente foi avaliada por meio de faltas ao trabalho nos últimos 12 meses por motivos de saúde.

Resultados:

A frequência de absenteísmo foi de 16,6%. Os fatores associados ao desfecho foram a idade avançada (OR=2,16; IC95%= 1,27-3,67), o trabalho em turnos extremos, primeiro turno (OR=1,91; IC95%= 1,08-3,36) e terceiro turno (OR=2,06; IC95%= 1,01-4,25), percepção elevada de estresse (OR=1,74; IC95%= 1,07 - 2,82) e os distúrbios do sono (OR=2,03; IC95%= 1,07-3,76). Não foram identi ficadas associações entre absenteísmo e fatores de estilo de vida como prática de atividade física e consumo de álcool e tabaco.

Conclusão:

Trabalhadores com distúrbios de sono e que exercem suas funções em turnos extremos (manhã ou noite) possuíram mais chan ce de faltar ao trabalho por questões de saúde.

Palavras-chave : TRABALHO EM TURNOS; SONO; ABSENTEÍSMO; TRABALHADORES; SAÚDE DO TRABALHADOR.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )