SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número2Subjetividad y política: consecuencias para el discurso educativoConducta adaptativa y discapacidad intelectual: 50 años de historia y su incipiente desarrollo en la educación en Chile índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Estudios pedagógicos (Valdivia)

versión On-line ISSN 0718-0705

Resumen

GARCIA, Carolina  y  FLORES, Luis. Os desafios da educação cidadã e da coesão social em oposição à subjetivação do sistema: Uma interpretação dos fenômenos sociais a partir da subjetividade. Estud. pedagóg. [online]. 2011, vol.37, n.2, pp. 329-344. ISSN 0718-0705.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-07052011000200020.

Observa-se que se vive uma crise da democracia representativa e um enfraquecimento da coesão social no Chile atualmente. A perspectiva desde onde esta reflexão aborda o problema, sugere que a questão central desse fenômeno reside não no grau de participação dos jovens no mundo comunitário e, sim, na redução e atomização do espaço público na estrutura imaginária da sociedade. Superar a subjetividade hiperindividualizada pressupõe uma transformação do imaginário social caracterizado pela combinação de uma democracia que, ainda representativa é, em sua base, exclusiva e desintegradora do espaço público. Há uma lógica econômica neoliberal que permeou todas as esferas da atividade humana. Essa transformação representa uma série de desafios para a educação cidadã porque suas raízes estão no mesmo imaginário de uma estrutura social fragmentada.

Palabras llave : subjetividade; coesão social; imaginário social; formação cidadã.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español