SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número2Competencias y contenidos: cada uno es su sitio en la formación docenteSubjetividad y política: consecuencias para el discurso educativo índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Estudios pedagógicos (Valdivia)

versión On-line ISSN 0718-0705

Resumen

ARANDA, Virginia. Reflexão e análise das políticas e práticas inovadoras, à luz das representações sociais e da necessidade de uma educação intercultural na formação inicial de professores. Estud. pedagóg. [online]. 2011, vol.37, n.2, pp. 301-314. ISSN 0718-0705.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-07052011000200018.

A exclusão social e cultural é um dos maiores fenômenos que colocam em crises as relações de uma sociedade, que define suas prioridades educacionais em um quadro regulamentar com base neoliberal. A formação dos futuros professores exige incorporar em seu quadro de valores os ideais democráticos de respeito mútuo. Se considerada dita falha como fratura da relação entre educação, sociedade, migração recente e povos indígenas. Precisa-se um olhar critico das práticas pedagógicas de formação inicial de professores para o desenvolvimento da integração cultural como um valor desejável, visando suas inovações em educação na pesquisa e análise da política educacional nesta área. Em contribuições teóricas coletadas em pesquisas anteriores, refletimos sobre a responsabilidade da formação inicial de professores sobre questões da formação em e para uma prática inovadora do currículo intercultural, que considere as representações racistas e xenófobas de nossos estudantes de pedagogia, visando permitir-lhes a formação dum sistema de convivência democrática da escola, de aceitação e respeito mútuo.

Palabras clave : representações sociais; racismo; xenofobia; educação intercultural.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español