SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número2El interés de la etnografía escolar en la investigación educativaReflexión y análisis de políticas y prácticas innovadoras a la luz de las representaciones sociales y de la necesidad de una educación intercultural en la formación inicial docente índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Estudios pedagógicos (Valdivia)

versión On-line ISSN 0718-0705

Resumen

ANGULO, Félix  y  REDON, Silvia. Competências e conteúdos: cada um tem seu lugar na formação docente. Estud. pedagóg. [online]. 2011, vol.37, n.2, pp. 281-299. ISSN 0718-0705.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-07052011000200017.

Analisa o conceito de ”competências” a partir das evidências lingüísticas e pedagógicas da existência de uma confusão semântica relacionada ao termo, constatando a ausência de precisão e clareza nesse sentido - problemáticas que, inadequadamente, têm sido consideradas “complexas”. Em um segundo momento, analisa a origem do termo, vinculando-o ao mundo empresarial, às políticas públicas educativas e à noção de mercado e o que aí está implícito. Discute-se a legitimidade da “nova” possibilidade de conceituar “competências”, identificando-a como um recorte de outras teorias e contrastando-a com os programas da UNESCO que demonstram que não há muitos elementos novos em tal proposta. Por último, propõe uma reflexão curricular baseada na ética e na sabedoria prática aristotélica que nos leva a perguntar: O que devemos ensinar? Como devemos ensinar? O que precisam aprender as gerações herdeiras do neoliberalismo, a partir de quais padrões e em que medidas? De onde olhar os processos formativos, subjacentes à homogeneidade do mercado cultural global?.

Palabras clave : competências; mercado; pseudo-complexidade e pseudo-inovação.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español