SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número1Representaciones sociales acerca del proceso de Escritura Académica: el caso de la tesis en una Licenciatura en HistoriaCondiciones de la formación práctica de los futuros profesores índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Estudios pedagógicos (Valdivia)

versión On-line ISSN 0718-0705

Resumen

ESPINOZA, Lorena; BARBE, Joaquim  y  GALVEZ, Grecia. Limitaçoes no desenvolvimento da atividade matemática na escola primária: o caso de uma aritmética escolar. Estud. pedagóg. [online]. 2011, vol.37, n.1, pp. 105-125. ISSN 0718-0705.  http://dx.doi.org/10.4067/S0718-07052011000100006.

A investigação que apresentamos estudou o problema dos escassos níveis de desenvolvimento da atividade matemática em estudantes chilenos de Educação Primaria. O artigo centra-se no caso da aritmética escolar. Baseandonos na Teoria Antropológica do Didático (Chevallard, 1999), e na Teoria de Situações Didáticas (Brousseau, 1994), analisamos os conteúdos e aprendizagens matemáticas nucleares dos programas oficiais no eixo de aritmética. Continuamos com a observação e análise de processos de ensino-aprendizagem em unidades temáticas de aritmética, em escolas da Região Metropolitana, e finalizamos com a análise de condições e restrições institucionais impostas pelas escolas ao desenvolvimento da atividade matemática. O trabalho realizado, que aborda as dimensões curricular, fática e institucional, nos permite postular o que poderia ser considerado um fenômeno didático por seu grau de generalidade e seu vínculo direto com uma estratégia específica de ensino das matemáticas (Brousseau, 1983). O fenômeno consiste em que, em muitos casos, a escola inibe, de forma não intencionada e muito a sua pesar, as potencialidades matemáticas que têm as crianças.

Palabras clave : educação primaria; aprendizagem matemática; aritmética escolar.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español