SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número3IMPACTO DE UN MODELO DE INTEGRACIÓN DOCENTE ASISTENCIAL EN LA FORMACIÓN PROFESIONAL Y EL CAMPO CLÍNICOEL TRABAJO NOCTURNO COMO UN FACTOR DE RIESGO EN LA CARCINOGÉNESIS índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ciencia y enfermería

versión On-line ISSN 0717-9553

Resumen

OLIVEIRA SECCO, Iara Aparecida de; CARMO CRUZ ROBAZZI, Maria Lúcia do; ALVES DE SOUZA, Francisco Eugênio  y  SAYURI SHIMIZU, Denise. CARGAS DE TRABALHO DE MATERIALIDADE EXTERNA NA EQUIPE DE ENFERMAGEM DE HOSPITAL DE ENSINO DO PARANÁ, BRASIL. Cienc. enferm. [online]. 2011, vol.17, n.3, pp. 69-81. ISSN 0717-9553.  http://dx.doi.org/10.4067/S0717-95532011000300007.

A investigação objetivou analisar as cargas de trabalho de materialidade externa presentes nos processos de trabalho da equipe de enfermagem de hospital de ensino. Trata-se de estudo realizado sob o referencial teórico do materialismo histórico, cuja análise foi fundamentada na análise de conteúdo proposta por Bardin. Constou de entrevistas semi-estruturadas de sete enfermeiras, gerentes do serviço de enfermagem na Instituição. Para a análise utilizou-se o Programa Informatizado The Ethnograph versão 5.0. Os achados evidenciaram que as cargas biológicas foram as mais relevantes pela exposição e sofrimento que provocam; que as cargas mecânicas têm sido potencializadas pelo envelhecimento dos trabalhadores; que as cargas químicas e físicas parecem ser pouco consideradas pela equipe pouco as conhecer. Ações para aumentar o quantitativo de pessoal e maior acompanhamento desses trabalhadores pelo Setor de Saúde Ocupacional são medidas preventivas fundamentais para a melhora das condições de saúde e trabalho da população estudada.

Palabras clave : Carga de trabalho; enfermagem; hospitais de ensino; saúde do trabalhador.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués