SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número1IMPLANTACIÓN DEL PROYECTO DE INSERCIÓN DEL ACOMPAÑANTE EN EL PARTO: EXPERIENCIAS DE LOS PROFESIONALES índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ciencia y enfermería

versión On-line ISSN 0717-9553

Resumen

BARBOSA DE PINHO, LEANDRO  y  PRADO KANTORSKI, LUCIANE. REFLETINDO SOBRE O CONTEXTO PSICOSSOCIAL DE FAMÍLIAS DE PACIENTES INTERNADOS NA UNIDADE DE EMERGÊNCIA. Cienc. enferm. [online]. 2004, vol.10, n.1, pp. 67-77. ISSN 0717-9553.  http://dx.doi.org/10.4067/S0717-95532004000100008.

Este trabalho aborda o contexto psicossocial da família diante do desligamento temporário com seu familiar internado na unidade de emergência de um Pronto-Socorro de uma cidade do sul do Rio Grande do Sul. Trata-se de um estudo de grupo, qualitativo, descritivo e analítico, desenvolvido com três famílias. Realizamos uma observação participante, auxiliada por uma entrevista semi-estruturada e gravada. Ordenamos e categorizamos as verbalizações em duas temáticas: a família e suas expressões diante da internação do familiar-paciente na emergência e o profissional de saúde e a situação de emergência - naturalizando o sofrimento. A análise foi orientada pelos conceitos de organização circular e recursividade da terapia sistêmica de famílias. Verificamos que a internação na emergência desestabiliza a família, desencadeando sofrimento psíquico, e que a enfermagem, diante do risco de vida, supervaloriza a técnica em detrimento do trabalho com o paciente e sua família, estratégia para evitar seu próprio sofrimento psíquico. Concluímos que ainda é incipiente o cuidado humanizado na emergência e que a enfermagem deve compreender as relações sociais dos pacientes, inserindo-as no projeto terapêutico da unidade.

Palabras clave : Emergência; sofrimento psíquico; família.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués