SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número1VALIDACION DE UNA ESCALA DE APOYO SOCIAL PERCIBIDO EN UN GRUPO DE ADULTOS MAYORES ADSCRITOS A UN PROGRAMA DE HIPERTENSION DE LA REGION METROPOLITANA índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ciencia y enfermería

versión On-line ISSN 0717-9553

Resumen

DO CARMO CRUZ ROBAZZI, MARIA LÚCIA et al. VALORES DE PRESSÃO ARTERIAL EM TRABALHADORES DE UMA INSTITUIÇÃO UNIVERSITÁRIA. Cienc. enferm. [online]. 2002, vol.8, n.1, pp. 57-65. ISSN 0717-9553.  http://dx.doi.org/10.4067/S0717-95532002000100008.

Realizou-se estudo entre trabalhadores de uma faculdade de Enfermagem brasileira, para identificar seus valores da pressão arterial (PA). Efetuou-se um levantamento dos registros de prontuários de consultas realizadas com estas pessoas, cadastradas em um programa de atendimento de PA da faculdade. De 149 trabalhadores, 51 constituíram a amostra. Os valores pressóricos foram medidos de modo padronizado e registrados nos prontuários durante 18 meses. Estas 51 pessoas tiveram 405 mensurações de PA, considerando-se para tal estudo apenas as medidas ocorridas com os sujeitos em posição sentada. Entre todas as categorias ocupacionais estudadas, os Vigias Prediais, os Operadores de Máquinas Reprográficas e os Motoristas foram os trabalhadores que apresentaram os maiores valores médios de PA, resultados coincidentes com a literatura consultada. Além disso, cinco trabalhadores estavam hipertensos, sendo que um desconhecia esta situação. Os achados evidenciam a necessidade de aprofundar investigações específicas relacionadas às categorias ocupacionais, particularmente as pertencentes aos ambientes universitários

Palabras clave : Pressão arterial em adulto; Medida da pressão arterial; Hipertensão arterial; Trabalhadores; Ambiente universitário.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués