ISSN 0718-4816 versão online
ISSN
0716-4084 versão impressa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

Escopo e política

Jornal de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço publica original, inédito, sobre temas das ciências da especialidade e biomédicas.

Processo de Arbitragem

O Jornal de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço no processo de arbitragem adere aos princípios delineados pela TheCouncilofScienceEditors (CSE) que estão disponíveis em: http://www.councilscienceeditors.org/services/draft_approved.cfm.

Qualquer artigo submetido ao Jornal de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço está vinculada à arbitragem por dois peritos na pesquisa dirigida.

Forma e prepação de manuscritos

ESTILO

Os artigos submetidos para publicação no Jornal de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço devem cumprir as seguintes instruções preparadas considerando o estilo ea natureza da revista e "Requisitos Uniformes para Manuscritos Submetidos a Revistas Biomédicas" estabelecidas pelo Comitê Internacional de Revistas Médicas Editors (Annals of Internal Medicine 1997, 126: 36-47 e http://www.icmje.org):

1 - Argumentos: A Revista Chilena de Otorrinolaringologia recebe obra de publicações em qualquer um dos seguintes seções:

  • Artigos de Pesquisa
  • Artigos de Ética
  • Artigos de revisão
  • Os casos clínicos
  • Como eu
  • Revisão de Comentários
  • Cartas ao Editor

Os trabalhos devem ser apresentados com o texto datilografado e impressos em espaço duplo em papel tamanho carta, deixando um margem de pelo menos 3 cm dos bordos. O texto não deve exceder 8 páginas, excepto nos trabalhos de revisão da literatura, em que a extensão pode ser de até 10. Você deve enviar um original e duas cópias de fotocópias ou impressora.

Os trabalhos preparados em computadores pode ocupar qualquer família de fontes, de preferência suíço em tamanho de 12 caracteres.

2 - A fim de cada posto de trabalho é o seguinte:

2. Artigos de pesquisa deve considerar as seguintes seções

2.1. Página de título deve conter

a) O título do trabalho, que deve ser conciso, mas o conteúdo do trabalho repórter deve ser expresso em Espanhol e Inglês.

b) Identificação dos autores: Deve incluir o primeiro nome, o último nome inicial e sua mãe, a sua qualidade profissional e local de trabalho deve ir para o rodapé.

c) Identificação do local onde o trabalho foi realizado:

Nome de Seções, Serviços, e Instituçiõnes Departamentos.

d) Identificação do contato, nome, endereço e e-mail do autor principal.

e) Fonte de apoio: Indicar a fonte de apoio financeiro, se houver.

f) O primeiro autor citado é o autor da obra, o último autor é o segundo em importância.

2.2. Resumo Pagina

a) Resumo em Espanhol e Inglês de não mais do que 200 palavras organizadas de acordo com o seguinte esquema apenas para itens pesquisa. Todos os outros trabalhos devem ter uma síntese sem o esquema acima.

Objetivo Introdução Materiais e métodos Resultados Discussão Conclusões.

Ela deve incluir uma tradução em Inglês.

b) Palavras-chave. Abaixo o resumo deve indicar algumas palavras em castelhano e Inglês computacionalmente servir para localizar o conteúdo do texto dentro de um banco de dados.

2.3. Introdução. Ele deve conter uma breve revisão do tema e da finalidade e objetivo da pesquisa.

2.4. Materiais e métodos. Descrever claramente a seleção dos indivíduos para observação. Identificar métodos e ponto instrumentos com a precisão necessária para permitir que outros possam reproduzir os resultados. Indicar marcas comerciais entre parênteses. Se for conhecida e estabelecida métodos freqüentemente utilizados, simplesmente nomeá-los ou indicar a referência respectiva.

Se a experiência foi desenvolvida com a participação de pacientes ou indivíduos, indicar se os procedimentos cumprem os padrões éticos estabelecidos previamente, revisados ​​por um comitê ad hoc da instituição onde o estudo foi feito, ou de acordo com a Declaração de Helsinque (1975) . Identificar pacientes por seqüência de números, mas não usam seus nomes, iniciais número observação verdadeira, ou registro médico. Drogas de registo utilizadas pelo nome genérico e indicar as doses, vias de administração e sistemas aplicados. Mencionar, se necessário, o método estatístico utilizado, e seu nível de significância.

2.5. Resultados. Apresentar os resultados em uma seqüência lógica. Esta seqüência deve aparecer consistente no texto, tabelas e figuras. Os dados podem ser apresentados em tabelas ou figuras, mas não ambos ao mesmo tempo.

Não repetir no texto todos os dados apresentados em uma figura ou tabela, mas algo mais relevante. Não misture resultados com a discussão, como isso é feito na seção seguinte.

2.6. Discussão. Esta é uma discussão dos resultados obtidos neste trabalho e não uma revisão do tema. Discutir e destacar apenas os aspectos que traz novo trabalho importante, e as conclusões tiradas a partir delas. Não repetir em detalhes os dados apresentados nos Resultados. Explicitar nesta seção as implicações de sua descobertas, e relacionar essas observações com outros estudos publicados com a citação respectiva. Link o seu conclusões com as metas e objetivos estabelecidos na Introdução, mas não evitar propor conclusões fortemente apoiada pelo seu trabalho, ou outro final. Se você acha adequada pode sugerir novas hipóteses ou recomendações.

2.7. Conclusões. Descrever claramente as conclusões do trabalho a ser conectada diretamente com o objetivos que devem ser endossadas pelos resultados e testes estatísticos, se aplicável.

2.8. Agradecimentos. Expressar sua apreciação somente a pessoas e instituições que contribuíram trabalho de fundo.

2.9. Referências. Os autores são responsáveis ​​pela exatidão de suas referências referencias.Numere consecutivamente na ordem em que são mencionados no texto, figuras, tabelas e / ou ilustrações identificando-os com o número como um sobrescrito. Usar o estilo dos exemplos abaixo, os quais são com base no formato do National Library of Medicine dos Estados Unidos usado no Index Medicus. Os títulos de periódicos devem ser abreviados de acordo com o estilo usado nesta publicação. Veja a lista de revistas indexadas no Index Medicus (Lista de revistas indexadas no Index Medicus).

Tente evitar o uso de resumos como referências e "comunicações pessoais". Pode ser inserido (entre parênteses) nas referências de texto para comunicações escritas, não-verbais. Da mesma forma, ele pode ser incluído entre os papéis referências aceites para publicação, mas ainda não foi publicado, a revista e adicionar "no prelo" (em entre parênteses). Informações sobre manuscritos submetidos à apreciação de uma revista, mas ainda não foi aceite, devem ser citadas no texto como "observações não publicadas" (entre parênteses).

Os autores devem verificar as referências com os documentos originais verificando-los contra. Aqui estão alguns exemplos de formas corretas de referências.

a) Revistas

1) O artigo de revistas. Incluir o nome de todos os autores, separados por vírgula se seis ou menos, quando sete ou mais, apenas três primeiros e adicione "et al". Manter o título na língua original. Em seguida, o nome do Jornal no estilo usado pelo Index Medicus e ano de publicação, número do volume, primeira e última página de artículo.Ejemplo: Você CH, Lee KY, Chey RY, R. Menguy Electrogastrographic estudo de pacientes com náuseas, vómitos, inchaço e vômito. Gastroenterology 1980, 79: 3114-5.
2) Autor Institucional O Royal Marsden Hospital Transplante de Medula Óssea-Equipe. Falha de enxerto medula óssea singênico sem pré-condicionamento em aplasia de medula posthepatitic. Lanceta. 1977, 2: 2424.

3) Anonymous. O consumo de café eo câncer do pâncreas (Editorial). Br Med J 1981, 283: 628.

4) Suplemento revista Frumin AM, Nussbaum J. Espodito M. Asplenia Fuctional: Demonstração de atividade esplênica por varredura de medula óssea (Resumo). Sangue de 1979, 54 (supll): 26

5) revista página com descontínua (em número). Seaman WB. O caso do pseudocisto pancreático. Hosp Pract 1981, 16 (setembro): 245.

6) Livros e outras monografias.

b) Autor (es) pessoal (é) HN Eisen. Imunologia: An introduction to princípios moleculares e celulares da resposta imune. Sa ed. New York: Harper and Row 1974:406.

c) Editor, compilador, presidente como autor ou J. Dausset J. Colombani eds. Testes de histocompatibilidade 1972. Copenhague: Munksgaard, 1973: 128.

d) Capítulo do livro Weinstein L, Swartz MN. Propriedades patogênicas de microorganismos invasores. In: Sodeman WA Jr, Sodeman WA, eds Patológica Fisiologia: Mecanismos de Doenças. Philadelphia: WB Saunders, 1974, 457-72.

e) Item incluído no processo publicados de uma reunião DuPont B. O transplante de medula óssea em grave imunodeficiência combinada com um apoio de doadores não relacionados MLC. In: HJ White, R. Smith eds.

Anais da terceira reunião anual da Sociedade Internacional de Hematologia Experimental: Houston:

Sociedade Internacional para Hematologia Experimental, 1974: 446.

f) Ensaio que faz parte de uma série. Hunnighake GW, Gadek JE, Szapiel SV, et al. O ser humano macrófago alveolar. Em: Harris CC, ed. Cultura de células e tecidos humanos em pesquisa biomédica. New York: Academic Press, 1980: 546, (Stoner GD, ed Métodos e Perspectivas em Biologia Celular, vol 1.).

g) Publicação de um organismo. Ranofsky AL. Operações cirúrgicas em hospitais Shortstay:

Estados Unidos-1975. Hyattsville, Maryland: Centro Nacional de Saúde Estatísticas, 1978, DHEW Publicação n º (PHS) 78-1785. (Vital e Estatísticas da Saúde, Série 13, n º 34).

h) Tese RB Cairns. Infravermelhos estudos espectroscópicos de demanda sólida (dissertação de doutoramento). Berkeley, Califórnia: Universidade da Califórnia, 1965. 156 pp.

i) Para as referências eletrônicas, devem ser citados primeiros autores, título do artigo, diário de origem, no caso trabalho foi publicado na deles, e em seguida, o site onde você tem a citação ea data em que foi feita desta consulta, tendo em consideração que esta referência poderia eventualmente ter uma alteração posterior autores, pois deve vir antes de o site citou as palavras: Disponíveis no final da nomeação e palavras eletrônicos: Acesso em: (data).

j) itens 0ther

1) Os artigos de jornal Shaffer AR. Avanços em química estão a começar a desbloquear Mistérios do Cérebro: descobertas podem ajudar a cura do alcoolismo e insônia, explicar a doença mental.

Como os mensageiros trabalhar. Wall Street Journal ago12 1977: 1 (col 1).

2) artigo de jornal jornalística (revista)

Rouche B. Anais da Medicina: O Santa Claus cultura. The New Yorker 1971 setembro 4:66-81.

2.10.Símbolos

  • EE erro padrão
  • média X
  • número de observações n
  • desvio padrão
  • Ac anticorpo
  • antígeno Ag
  • Bell B
  • dB decibel
  • eletrocardiograma ECG
  • eletroencefalograma EEG
  • 10-9 nano n
  • Μ 10-6 micro
  • milli 10-3 m
  • 10-2 centi c
  • 10-1 deci d

2.11. Tabelas. Enviar tabelas em páginas separadas digitadas e com espaçamento duplo. Não envie slides ou fotografias tabelas. Número tabelas consecutivamente e coloque um título curto título de cada tabela. Em cada coloque uma pequena coluna de título e abreviado. Linhas separadas apenas cabeçalhos de colunas e principais títulos. As colunas devem ser separados por espaços e linhas não verticais. Coloque notas explicativas se for caso disso e explicar as abreviaturas convencionais, ao pé da mesa.

2.12. Figuras. Figura ser chamado de qualquer tipo de obra de arte que não é de mesa (fotografia, desenho, padrão, radiografia, gráfico, ECG, ENG, etc.) Seja qual for o seu tipo devem ser numeradas de acordo com o seu aparecimento no texto. Em caso de desenhos ou gráficos é preferível a ser feitas por profissionais. Neste caso, enviar uma imagem o mesmo tamanho a preto e branco de 9 x 12 cm. Os números ou símbolos devem ser claros em todo a Área da foto, tendo em conta a possível redução de tamanho na publicação. Títulos e leendas devem estar em folhas separadas. Na parte de trás das figura, com o lápis, deve notar-se o número de figurar como mostrado neste texto, o nome do autor e uma seta, cuja ponta se dirige para a parte superior da figura. Se uma figura é uma reprodução do material publicado, indicar a sua origem e obter autorização por escrito do autor ou editor de reproduzir seu trabalho.

Publicação de ilustrações em cores deve ser consultado sobre a placa da revisão e vai custar o autor.

3. Relatos de casos clinicos e revisões da literatura só diferem dos sinais à Pesquisa no resumo em Espanhol e Inglês é uma visão geral, sem os capítulos introdutórios, objetivos, etc.

4. SEÇÕES. A revista pode imprimir secções a pedido dos autores. Estes serão pagos por eles e só pode ser feito se o pedido se materializa antes de imprimir o número. O mínimo é de 30 seções cópias

LEMBRETE

Sugere-se a leitura atenta das instruções aos autores, que são incluídos nas páginas finais de cada edição Jornal de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Cargo.

Autores.

Os autores identificam o nome, nome, sobrenome e inicial do meio.

Local de trabalho e de qualidade profissional dos autores é citado com números árabes para a esquerda da primeira o segundo sobrenome. Ele deve ser indicado na parte inferior da seções da página, serviços, departamentos e instituições onde trabalho foi feito.

Resumo e palavras-chave.

Referências

Os autores são responsáveis ​​pela exatidão de suas referências.

Abreviações para unidades de medida

A lista a seguir mostra as abreviações ou símbolos que representam as unidades de medida utilizadas internacionalmente utilizadas mais frequentemente em trabalhos publicados pela revista. Os autores deveriam usar as abreviaturas ou símbolos no texto, tabelas e figuras que enviam postos de trabalho para que de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço para publicação.


TERMINOLOGIA

Abreviatura ou símbolo

Alternatias abreviaturas não devem ser usados (incorreta)

contagem por minuto

cpm

CPM

contagens por segundo

cps

CPS

Curie

Ci

 

graus Celsius

° C

 

Desintegrações por minuto

dps

DPS

Equivalente

Eq

 

Gram

g

gr

Tempo

h

hr

Unidade internacional

IU

 

Quilograma

Kg

Kg

Litro

l

Lt

Metro

m

mt

Minuto

min

 

Molar

M

 

Mole

mol

 

Osmol

osmol

 

Revoluciones por minuto

rpm

RPM

Segundo

s

seg

quilo-(prefixo)

k

 

decisão (prefixo)

d

 

centi-(prefixo)

c

 

mili-(prefixo)

ml

 

micro-(prefixo)

μ

 

nano-(prefixo)

n

 

pico-(prefixo)

p

 

Média (termo estatístico)

x

 

não significativas (estatística)

NS

 

número de observações (estatística)

n

Probabilidade (estatística)

p

P

Note que qualquer sigla ou símbolo que acrescentar "s" para indicar plural.

Uma lista mais completa de abreviaturas e símbolos comumente utilizados em biologia e medicina é publicado na revista Annals of Internal Medicine 1979, 90: 98-99.

Referências

1- Comitê Internacional de Editores de Periódicos Médicos. Requisitos uniformes para manuscritos submetidos a revista biomédica. JAMA 1997, 277: 927-934.

Publicações Regulamentos

A ordem de publicação dos negócios foi o julgamento da gestão, que se reserva o direito de recusar itens para técnicos ou científicos, bem como a redução ou sugerir ou fazer alterações no texto ou grafico.

Os artigos devem ser apresentados em papel tamanho carta digitada em espaço duplo, máximo de 26 linhas por página, margens de largura (3 cm), incluindo o original e duas cópias primeira ou duas fotocópias de boa qualidade. Seu comprimento máximo é de 15 páginas para os artigos originais, de saúde pública e de notícias, 10 casos clínicos e três pares para comunicações breves e notas ou cartas ao editor. Deve ser acompanhada do texto do artigo 3.5 "de disquete 6,0, Word e figuras e gráficos em formato JPG.

A revista só aceitará desenhos e gráficos feitos no estilo profissional. Estes, como qualquer outro tipo de ilustração (imagens de pessoas, radiografias) são classificados como figuras e enviados na forma de impressões brilhantes, preto e branco, de preferência 10 a 15 cm de tamanho (não superior 20x25 cm). Lendo estes elementos serão desenvolvidos em uma folha separada e permitir compreender o significado da figura sem ler o resto do texto. No verso de cada foto, disque o número que identifica e seta indicando sua orientação, usando lápis ilustrac ão sobre papel ou adesivo de fácil remoção. O texto deve ser indicado onde ser intercalados.

Os quatro quadros ou tabelas será mecanografiado e será enviado digitado em folha separada, devidamente numeradas na ordem em que aparecem no texto, o que indica sua localização.
O custo de impressão das figuras e tabelas serão suportados pela revista.

O título deve ser claro e conciso, dando uma imagem precisa do conteúdo do trabalho. Ele irá incluir os nomes dos autores com o sobrenome e pelo menos o título, cada profissional inicial e ou instalações ou departamentos em que o trabalho foi realizado.

As referências devem ser numeradas consecutivamente no texto, na ordem em que são citadas pela primeira vez, e acompanhou toda a lista deles. Cada referência deve ser inserido na seguinte ordem: o sobrenome de um autor), com a primeira inicial do nome, b) título, c) que é abreviado de acordo com a revista "Index Medicus", ano, volume: página e fim do texto. (Exemplo: Rev Chil Pediatr 1986, 57: 325-330).

Publicações regulamentos

A ordem de publicação da obra fica a critério da administração, que se reserva o direito de rejeitar os artigos por razões de ordem técnica ou científica e de sugerir ou fazer reduções ou modificações do texto ou material gráfico.

Os artigos devem ser apresentados digitados em papel tamanho carta, espaçamento duplo, um máximo de 26 linhas por páginas, margens de largura (3 cm), incluindo o original e as duas primeiras cópias ou dois exemplares de boa qualidade. Seu comprimento máximo é de 15 páginas para artigos originais, de saúde pública e notícias, 10 pares de casos clínicos e 3 para comunicações breves e notas ou cartas ao editor. Deve ser acompanhada pelo texto deste artigo em disquete 3.5 ", 6.0 de palavras e figuras e gráficos em formato JPG.

A revista só aceita fotos e gráficos feitos no estilo profissional. Estes, como qualquer outro tipo de ilustração (fotografias de pessoas, objetos ou filmes) são classificados como dados e enviados sob a forma de papel brilhante, preto e branco, de preferência 10 a 15 cm de tamanho (para não exceder 20x25 polegadas). Lendo estes elementos pode ser desenhado em uma folha separada e permitem compreender o significado da figura, sem ter que ler o restante do texto. No verso de cada ilustração deve discar o número que o identifica ea seta que indica a sua orientação, com carvão ou lápis sobre papel de fácil remoção do adesivo. O texto deve ser salientado, onde deve ser intercalada.

LOs quatro quadros são chamados de tabelas, enviar digitado em folha separada, devidamente numeradas em ordem de aparição no texto, que indicam sua localização.

O custo da impressão de figuras e tabelas serão suportados pela revista.

O título deve ser claro e conciso, dando uma imagem precisa do conteúdo do trabalho. Devem incluir o nome dos autores com o sobrenome e pelo menos meia título profissional inicial de cada uma delas e / ou estabelecimentos ou serviços onde o trabalho foi feito.

As referências devem ser listadas no texto consecutivamente na mesma ordem em que são citados pela primeira vez, acompanhado pela lista total deles. Cada referência deve ser indicado na seguinte ordem: a) nome dos autores com a primeira inicial do nome, b) título, c) abreviado em que, segundo o "Index Medicus, ano", volume página inicial texto final. (Exemplo: Rev Chil Pediatr 1986 57: 325-330).

As contribuições serão classificados como segue:

1. Trabalho original

Trabalho realizado de acordo com o esquema a seguir e, quando se trata de encontrar uma resposta para uma ou mais questões levantadas. O esquema a ser apresentado a ele:

a)Introdução: o fundo e colocar questões a serem resolvidas;
b)material e método: se o método não é original, basta indicar a data relevante;
c)resultado;
d)discussão ou comentários discutidos ou analisados os resultados relacionados ao problema ou à obra de outros autores sobre o assunto, se houver;
e)resumo em castelhano e Inglês, com um máximo de 150 palavras.

O segundo resumo deve ser estruturado para as seções que compõem um artigo, isto é, deve apresentar um objetivo, material, métodos, resultados e conclusões em uma explícita e sistemática.

2. A experiência clínica. Os casos clínicos de interesse para a especialidade, o seu número total é considerável.

3. Os casos clínicos de interesse para a especialidade, com uma revisão desta matéria. Menos de experiência clínica.

4. Divulgação. A experiência pessoal de especialistas que contam como eles resolvem um problema específico de uma forma original. Semelhante à forma como eu o faço.

5.- Comentários. Uma ampla revisão da literatura disponível sobre um tópico com uma análise crítica do mesmo.

6. Nota para o editor.

Comentários ou discussão de assuntos considerados de interesse sobre as questões pediátrico, publicado anteriormente em obras ou pedido de informações sobre a especialidade de interesse geral. Neste último caso, incluem também o parecer emitido sobre o assunto por um especialista adequado.

O Jornal de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço publicará em cada emitir instruções para autores prorrogado em conformidade com os Requisitos Uniformes para as tarefas propostas para a Revistas Biomédicas do Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas.

É dever dos autores para se manter em sua posse uma cópia completa, incluindo figuras e tabelas, os originais submetidos à revista, porque ela não vai voltar de qualquer material, processo para destruí-la, uma vez que é impresso ou em casos foi rejeitado pela comissão.

Apresentação dos manuscritos

Contribuições serão entregues em plataforma web da Sociedade Chilena de Cirurgia Otorrinolaringologia, Cabeça e Pescoço Medicina, www.sochiorl.cl ou http://www.itsolutionconsultores.com e serão analisados ​​pelo Conselho Editorial

[Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Sociedad Chilena de Otorrinolaringología, Cirugía y Medicina de Cabeza y Cuello

Nueva Los Leones #7, Depto. 801, Providencia
Santiago - Chile
Tel.: (56-2) 2335 9236
Fax: (56-2) 2335 9237


secretaria@sochiorl.cl