ISSN 0718-6894 versão online
ISSN 0716-1530 versão impressa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

Alcance e política editorial
Forma e preparação de manuscritos
Remessa de manuscritos

Alcance e política editorial

O Boletín del Museo Chileno de Arte Precolombino é uma revista bianual fundada em 1985. Publicam-se ensaios, artigos e reportagens de investigação em espanhol ou inglês sobre arte aborígene americana, especialmente arte pré-européia.

São recebidos contribuições em áreas tais como arquitetura, artes visuais, cognicão, cosmologia, ecologia, economia, etnicidade, ideologia, musicologia, tecnologia e outras matérias relacionadas, sempre que o conteúdo e o material gráfico destas contribuições guardem uma clara e justificada vinculação com o tema central da revista (arte aborígene da América). Aqueles artículos que combinam duas ou mais destas áreas temáticas são especialmente bem-vindos.

Processo de avaliação

O aviso de recebimento de um manuscrito é via e-mail e não supõe sua aceitação. Todos os manuscritos são revisados pelo Editor, pelo Comitê Editorial do Boletín e, anonimamente, por ao menos três consultores externos qualificados. Nosso sistema de avaliação considera o anonimato do avaliador e do autor até o momento da publicação do artigo.

As sugestões dos avaliadores, junto às observações do Comitê Editorial e dos editores, são remetidas aos autores, que devem acusar recebimento deste material e responder segundo o prazo especificado, indicando que aspectos foram considerados e quais foram omitidos, justificando sua opção neste caso. Uma vez recebido o manuscrito corrigido, a revista decide finalmente sobre sua aceitação ou rechaço.

Responsabilidade dos editores

O processo de avaliação pode requerer vários meses, mas é responsabilidade da Co-editora informar aos autores assim que for possível sobre a aceitação ou rechaço de um manuscrito.

Responsabilidade dos autores

Os autores são responsáveis do conteúdo de suas contribuições, a exatidão e das citações e referências bibliográficas e pelo direito legal de publicar o material proposto, razão pela qual devem contar antecipadamente com a autorização para reproduzir figuras e dados protegidos pela legislação vigente. Os trabalhos devem ser originais e inéditos durante o processo de edição nesta revista e não podem estar sob consideração editorial em outra publicação. Una vez publicados pelo Boletín, não podem ser divulgados em outra revista, salvo se for em um idioma diferente ao original.

Forma e preparação de manuscritos

O texto impresso e digital deve estar em versão de processador de textos Word (versão 6.0 mínimo), com suas páginas corretamente foliadas, em tamanho carta (216 x 279 mm), em una fonte de tamanho 12, com espaço duplo e margens de 3 cm em todas as direções da página. Considerando todas as seções (resumo e abstract, texto, referências, notas, imagens, anexos, etc.), o trabalho não deve ultrapassar as 9000 palavras.

Primeira página

Inclui somente o nome, filiação institucional (se corresponde), endereço postal e endereço eletrônico do autor, bem como os agradecimentos (se houver). Isto se faz com a finalidade de facilitar o anonimato no processo de revisão.

Segunda página (prévia ao texto)

Inclui o título em castelhano e inglês do artigo, além de um resumo de não mais de 150 palavras, também em versão bilingüe. Deve-se incluir, além disso, uma lista de três a sete palavras chave em ambos idiomas. As traduções ao inglês são revisadas por um profissional e modificadas de acordo a seu critério com a supervisão do Editor.

Títulos

O título do artigo e os subtítulos no texto deverão ser concisos, em particular estes últimos, já que a diagramação da revista é em colunas. O Editor se reserva o direito de modificá-los, se for necessário. Os subtítulos primários, secundários ou terciários devem estar claramente hierarquizados, seja por tamanho de letra, números ou outro tipo de notação.

Numerações

Os autores procurarão evitar o excesso de numerações (por exemplo, itemizaciones ou descrições “telegráficas”), em favor de um desenvolvimento mais literário e fluído.

Notas ao texto

Acompanham em folha à parte sob a epígrafe de “Notas” e seus chamados no texto são indicados em forma consecutiva com números arábicos em modo superíndice. Estes últimos vão sempre depois de um ponto na mesma linha ou ponto e parágrafo, nunca no meio de uma oração. Deve-se evitar o excesso de notas e limitar sua extensão. O Editor poderá reduzir aquelas demasiado extensas.

Citações no texto

As citações textuais devem estar entre aspas e claramente referidas na bibliografia, incluindo número de página, segundo a seguinte fórmula: (Cruzat 1898: 174-178).

Se no texto o autor for mencionado, seu sobrenome pode aparecer seguido do ano de publicação do título entre parêntesis, e com o número de página se a referência o ameritar: Cruzat (1898: 174-178) afirma que…

São citados até dois autores. Se forem mais de dois, nomeia-se o primeiro autor e se acrescenta etc. ao.: (Betancourt et al. 2000: 312).

Os autores de diferentes publicações citados em um mesmo parêntesis ou comentário, devem ser ordenados cronológica e não alfabeticamente.

Aquelas citações que excedam as 40 palavras –com um máximo de 80–, vão sem aspas e seguidas do texto (para cima e para baixo), com sangria em sua margem esquerda e com uma fonte de tamanho 10, isto é, dois pontos inferior ao texto geral. No final da citação deverá indicar-se entre parêntesis a referência correspondente (autor, ano e página). Para estes efeitos não devem ser utilizadas notas, salvo que a citação requeira de alguma precisão ou comentário. Nesse caso, o número da nota vai imediatamente depois da referência entre parêntesis.

Referências

Em folha à parte e sob a epígrafe de “Referências”, deve incluir-se um listado bibliográfico limitado exclusivamente àquelas referências citadas no texto, nas notas ao texto e nos pés de ilustrações, tabelas e quadros. Dito listado vai ordenado alfabeticamente por autor e cronologicamente no caso de dois ou mais títulos por um mesmo autor.

Os dados editoriais de cada referência devem estar completos e deverão ser ordenados da seguinte maneira: autor(es), ano da edição, título, lugar de publicação, imprensa ou editorial e outros dados cujas características variarão segundo se trate de uma referência a livro, artigo, revista, etc. Os seguintes são alguns exemplos para diferentes tipos de obras:

Livros
MURRA, J., 1978. La organización económica del Estado Inca. México, D. F.: Siglo XXI Editores.

Se for necessário, deve ser colocado o ano da primeira edição ou do manuscrito original entre colchetes, principalmente no caso das fontes coloniais:

BERTONIO, L., 1956 [1612]. Vocabulario de la lengua aymara. Cochabamba: Ediciones Ceres.

Capítulos ou Artigos inseridos nos livros
Todos os Artigos de revista ou os Artigos inseridos em publicações de livros, devem ter o número de páginas. O nome da publicação deve estar em cursiva.

KUBLER, G., 1981. Period, style and meaning in ancient American art. En Ancient Mesoamerica, J. Graham, Ed., pp. 11-23. Palo Alto: A Peek Publication.

Artigos em revistas
CONKLIN, W. J., 1983. Pukara and Tiahuanaco tapestry: time and style in a Sierra weaving tradition. Ñawpa Pacha 21: 1-44. Berkeley: Institute of Andean Studies.

LLAGOSTERA, A.; C. M. TORRES & M. A. COSTA, 1988. El complejo psicotrópico en Solcor-3 (San Pedro de Atacama). Estudios Atacameños 9: 61-98, San Pedro de Atacama.

Artigos em publicações de congressos ou anais
IRRIBARREN, J. & H. BERGHOLZ, 1972. El camino del Inca en un sector del Norte Chico. En Actas del VI Congreso de Arqueología Chilena, H. Niemeyer, Ed., pp. 229-266, Santiago: Universidad de Chile/Sociedad Chilena de Arqueología.

Manuscritos
SINCLAIRE, C., 2004 Ms. Ocupaciones prehispánicas e históricas en las rutas del despoblado de Atacama: primera sistematización. Informe parcial arqueológico, Proyecto FONDECYT Nº 10400290.

Memórias, seminários de título ou tese
VILCHES, F., 1996. Espacio y significación en el arte rupestre de Taira, río Loa, II Región de Chile: Un estudio arqueoastronómico. Memoria para optar al título de Arqueóloga, Departamento de Antropología, Universidad de Chile.

Recursos eletrônicos
MERCADO, C., 1996. Música y estados de conciencia en fiestas rituales de Chile central. Inmenso puente al universo. Revista Chilena de Antropología 13, 1995-1996 [online] pp. 106-125 <http://csociales.uchile.cl/publicaciones/antropologia/13/docs/antropologia_13.pdf> ISSN 0716-2790 [Citado 21-07-06].

Filmes
MENESES, M., 1994. Wichan: El juicio. 25 min. Kien Producciones, Chile.

Imagens

Cada trabalho pode conter até 30 ilustrações considerando fotografias, diagramas, planos, mapas e desenhos. Todas as ilustrações são denominadas “Figuras” e no texto devem ser nomeadas de maneira abreviada: (fig.1), (figs. 3-7). Ademais, devem ser numeradas seqüencialmente, na mesma ordem em que são citadas no texto. Em um documento separado devem ser entregues os textos associados às imagens, também numerados correlativamente. Os textos devem ser breves (não além das 30 palavras), mas assinalando os créditos correspondentes.

Toda ilustração que o requeira deve ter as indicações de tamanho no sistema métrico; uma escala gráfica no caso dos mapas e dos desenhos, e as medidas no caso das fotografias (largura, comprimento e altura). As legendas que serão incluídas na caixa de ilustração serão feitas digitalmente ou através de outro procedimento padronizado (em nenhum caso estarão manuscritas).

As imagens devem ser entregues em formato digital (em um arquivo diferente ao texto), e impressas em papel junto com o manuscrito. As fotografias originalmente digitais ou escaneadas devem ter uma resolução não inferior aos 300 dpi ou 120 pixéis por centímetro. Caso seja enviado também o texto por correio eletrônico, pode ser anexado um arquivo das figuras em baixa resolução (apenas para efeitos de facilitar o reenvio por e-mail aos respectivos avaliadores). É possível enviar fotografias convencionais impressas em papel, bem como desenhos, diagramas, mapas e planos impressos, mas sempre que a qualidade seja ótima e a nível profissional. Dispondo-se de material impresso que deva ser escaneado, é preferível a entrega dos originais.

O Editor reserva-se o direito de decidir o tamanho das ilustrações e de avaliar sua publicação a cores ou preto e branco, a não ser que o autor indique expressamente a necessidade de um ou outro. A qualidade técnica e artística das ilustrações é um critério importante na aceitação do Artigo.

No caso dos mapas, não é necessária uma resolução nem tamanho de arquivo específico, já que os mapas são redesenhados com um definido. Para isso é fundamental que os autores indiquem as coordenadas geográficas exatas da área que precisa ser representada. Em xerox ou versão digital da área aludida, os autores devem marcar os principais topônimos e/ou acidentes geográficos citados no texto.

Tabelas e quadros

Todas as tabelas e quadros deverão ser entregues sob a forma de arquivos do processador de palavras Word (mínimo versão 6.0). O material deve ser identificado com um breve título descritivo, deve estar organizado correlativamente com números arábicos e ser apresentado em folha separada sob a epígrafe de “Tabelas”, “Quadros” ou “Gráficos”. Esse tipo de material deve aparecer citado no texto.

Descargas

Uma versão em PDF destas Pautas editoriais pode ser descarregada em: http://www.museoprecolombino.cl/es/boletines/normas.pdf

Remessa de manuscritos

Os manuscritos podem ser recebidos em qualquer momento e serão publicados em ordem de aceitação. Os trabalhos devem ser enviados previamente gravados em CD, acompanhados de duas cópias em papel, endereçados para:

  • José Berenguer R.
    Editor
    Boletín del Museo Chileno de Arte Precolombino

    Bandera 361, Casilla 3687
    Santiago, Chile.

Solicita-se enviar também o texto (e as figuras somente em uma versão de baixa resolução) via e-mail para o Editor, com uma cópia para a Co-editora, Andrea Torres, para os seguintes endereços eletrônicos:

jberenguer@museoprecolombino.cl
atorres@museoprecolombino.cl

Assume-se que os autores retêm em seu poder uma cópia do material impresso e uma outra cópia eletrônica do Artigo.

[Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Museo Chileno de Arte Precolombino

Bandera #361
Casilla 3687
Santiago - Chile
Tel.: (56-2) 2928 1500
Fax: (56-2) 2697 2779


boletin@museoprecolombino.cl