ISSN 0717-6201 versão online
ISSN 0301-732X versão impressa

INSTRUÇÕES PARA OS AUTORES

InstruÁões para os autores

Archivos de Medicina Veterinária publica, em espanhol ou inglês, contribuições científicas originais na forma de artigos científicos, revisões bibliográficas e comunicações curtas que possam incluir observações clínicas, descrições de técnicas ou métodos, e avanços em todos os aspectos das Ciências Veterinárias e bem-estar animal.

Envio da publicação

Os artigos devem ser enviados ao Editor e incluir:

  • Três exemplares impressos em papel, incluindo os quadros, figuras e fotografias.

  • Uma versão eletrônica do texto, quadros (preferentemente em formato MS Word) e figuras (de preferência em formato Excel), deverá vir em anexo em disco de 3,5” ou CD, devidamente rotulado com o Sobrenome do primeiro autor e as primeiras palavras do título do artigo.

  • Os trabalhos devem ser originais e, não devem estar em processo de revisão em outra revista.

  • Os artigos apresentados sem considerar as normas de estilo, serão devolvidos sem passar pela revisão.

  • Para experiências com animais ou humanos, o Comitê Editor poderá solicitar que se anexe à autorização de um Comitê de Bio-ética ou instância similar.

  • Deverá incluir uma carta dirigida ao Editor solicitando a publicação do seu trabalho e indicando um dos autores como responsável pela revisão das provas de impressão e da correspondência.

  • A propriedade intelectual dos trabalhos publicados pertence aos autores.

  • Os revisores de Archivos de Medicina Veterinária assessoram ao Comitê Editor para decidir se o trabalho pode ser publicado. Os autores poderão sugerir revisores. Todos os artigos enviados para publicação serão enviados a dois revisores selecionados pelo Comitê Editor e podem incluir, ou não, os sugeridos pelos autores. Em caso de existir controvérsia nos informes, se recorrerá a um terceiro em caráter de árbitro, que assessorará ao Comitê Editor para decidir o destino do trabalho. Os revisores estão obrigados a manter o caráter confidencial de toda a informação dos trabalhos, mesmo quando não sejam publicados.

  • Antes da publicação deverá ser pago um valor o qual esta indicado na Web www.veterinaria.uach.cl

Forma e preparação do artigo

Tipos de artigos

Artigos de revisão: são realizados por especialistas que resumem e projetam o conhecimento atualizado num campo particular das Ciências Veterinárias, e não necessariamente se ajustam a um formato definido de apresentação. Os autores deverão previamente consultar aos editores antes de iniciar o trabalho de revisão. O Comitê Editor poderá solicitar os especialistas o envio de artigos de revisão, que também serão submetidos ao processo de arbitragem e edição. Não devendo exceder 35 páginas. Só aceitamos artigos de revisão escritos em Inglês.

Artigos científicos: estes informam um novo avanço em Ciências Veterinárias baseados numa investigação original. O formato dos mesmos deverá incluir, sumário, introdução, material e métodos, resultados, discussão, resumo, agradecimentos (quando corresponda) e referências. Não devem exceder de 25 páginas.

Comunicações curtas: informam de maneia breve, um avanço, resultado de um experimento, observações clínicas ou nova metodologia, justando-se ao seguinte formato: sumário, introdução, material e métodos, resultados e discussão (seção conjunta), resumo, agradecimentos (quando corresponda) e referências. Não devem exceder de 15 páginas.

Estilo e formato da revista

Apresentação geral: a revista publica artigos em espanhol ou inglês.

Os artigos deverão ser escritos com letras Times New Roman tamanho 12, por um só lado das folhas, o espaçamento entre linhas e médio, em tamanho carta (21,5 x 27,9 cm), deixando 2 cm em cada margem da folha.

Todas as páginas devem ser numeradas de maneira consecutiva no ângulo superior direito, e as línhas deverão ser numeradas em cada página, iniciando-se com o número 1, junto à margem esquerda, em todo o trabalho.

Os títulos de capítulos devem ser escritos em minúscula e negrito, justificada do lado esquerdo, em línhas separadas e sem ponto final. Ex. “Materiais e Métodos”. Nos subtítulos só a primeira letra é maiúscula. Subtítulo primário Ex “Desenho experimental” deverá ser justificado ao lado esquerdo e em negrito; subtítulo secundário deve ser justificado do lado esquerdo e em letra itálica. Não deverão usar-se sublinhados nem numeração de subtítulos ou lista de itens.

As cifras devem ser escritas em números. Quando estão no inicio de uma frase, ou quando a clareza do texto o requeira, devem ser expressas em palavras. Um decimal deverá ser precedido de um numeral usando ponto quando o artigo é em inglês ou vírgula quando o artigo é em espanhol Ex. “0,5” não “,5”. As medidas de quantidade deverão ajustar se ao Sistema Internacional de Unidades, a menos que a prática numa disciplina use derivados deles (Ex. a unidade internacional de Curie). As datas devem ser expressas como “07 de setembro de 1954” no texto, mas podem apresentar-se abreviadas nos quadros e figuras. O tempo diário deve expressar se segundo as 24 horas cronológicas.

Para a nomenclatura química devese utilizar as normas da Sociedade de Bioquímica (Biochem J 209, 1-27, 1983), os fármacos ou drogas devem ser mencionados por seus nomes genéricos (em minúsculas), se for necessário colocar marcas e suas fontes deverão ir ao pé de página. As enzimas devem ser identificadas, quando se mencionam por primeira vez, segundo a Enzyme Commission of the International Union of Biochemistry.

Os termos em latim e suas abreviações que são de uso comum na literatura científica, tais como: in vitro, in vivo, ad libitum deverão ser italizadas. Os valores de probabilidade devem ser dados na forma de P<0,05 o P<0,01. Desvio padrão, erro padrão da media e intervalos de confiança, se abreviarão da seguinte forma: DE, EE e IC, respectivamente.

Pé de página

Serão usados para indicar o endereço do autor responsável da correspondência e seu endereço eletrônico na página do título, para elaborar abreviações citadas em o título de quadros, marcas comerciais, nome e endereço de empresas ou quando deva-se sinalar a fonte de financiamento.

Título

O título do trabalho deve ser conciso, específico e informativo. Só a primeira letra será maiúscula, em negrito, centrado, iniciando se na línea 10, sem usar marcas comerciais ou abreviações. Dever-se-á sinalar, com índice # a fonte de financiamento, se houver, será detalhada ao pé da página. Separado por espaço de uma línha onde deverá escrever o título em inglês, em igual estilo e formato.

Autores e endereços

Os nomes dos autores deverão ser escritos abaixo do título separados por um espaço. Use iniciais (sem pontos) e sobrenome separando por vírgulas entre os autores, ajustando se os seguinte exemplo: C T Westwood, E Bramley, I J Lean. Ao final de cada nome de autor deve ser identificado com um número no índice. Deverá sinalizar separado por um espaço o nome da seção, departamento, serviço o instituição a que pertence ou pertenceu dito autor, durante a execução do trabalho. O número com um asterisco indica o autor responsável da correspondência, devendo se sinalar ao pé da página o número de fax, endereço eletrônico e Caixa Postal.

Sumário

A segunda página deve conter um sumário, com título, de não mais de 250 palavras e que descreva os propósitos do estudo ou investigação, os materiais e métodos empregados, os resultados principais e as conclusões mais importantes. Não devem empregar abreviaturas não padronizadas. Em linha aparte, separado por um espaço e justificadas à esquerda devese incluir key words em minúsculas, as que não devem ser mais de 4.

Introdução

Na terceira página na línha 1 se deverá escrever o título do capítulo. Na línha seguinte, com tabulação, predeterminada de um tab, em 5 espaços, se detalharão os antecedentes que sustentam o propósito do artigo, sem um detalhe extensivo do tema e utilizando só as referências mais pertinentes. Deve-se indicar, quando corresponda, a hipótese que se postula e os objetivos da investigação.

Entre parágrafos deve conservar o espaçamento médio.

Material e Métodos

Separado por um espaço de uma línha da seção anterior, deve-se descrever o capítulo com suficientes detalhes para permitir a outros repetir o estudo. Depois da primeira referencia no texto as drogas ou reativos, devem indicar o nome genérico, doses e via de administração. Para o caso de equipamento especializado se indicará a marca, o modelo e o nome do fabricante.

Os métodos estatísticos utilizados devem ser sinalizados como subtítulos: “Análise estatística” e deve incluir um adequado detalhe, que permita aos leitores estabelecer com precisão como foram analisados e apresentados os dados e as unidades de medidas em que estão expressas (medias aritméticas, desvio padrão, erro padrão da media, medianas, limites o limites de confiança, etc.). Se as provas usadas foram paramétricas (Chi quadrado, prova “t“ de Student, Anova, etc.) ou não paramétricas (Wilcoxon, Kruskal-Wallis, etc.). Deverão identificar o nome, a versão e o provedor do programa computacional utilizado, ex. SPSS versão 9.0 para Windows (SPSS Inc, Chicago IL, USA).

Resultados

Separado pelo espaço de uma linha da seção anterior, devese descrever o capítulo de resultados, apresentados de forma concisa e lógica, sem discussão ou referência a outro trabalho. Os quadros e figuras devem ser os mínimos necessários e os dados não devem ser repetidos no texto e sequer deverão ser mostrados simultaneamente ou reiterados.

Discussão

Esta seção, separada por uma línea da anterior, deve avaliar e interpretar os resultados, relacionando os aos de outros estudos relevantes. Não deve repetir resultados ou apresentar novos. Deve ser diligentemente tratada em seu desenvolvimento, fazendo-o de maneira lógica e concisa, estabelecendo conclusões, relevâncias e projeções do trabalho. Deve evitar formular conclusões que não estejam respaldadas com suas pesquisas nem sustentadas em trabalhos ainda não publicados.

Resumo

O resumo em espanhol deverá ser escrito em folha aparte, com o título do artigo na primeira linha e na seguinte o resumo em espanhol e deverá ajustar se as mesmas normas sinalizadas para o sumário. Separadas pelo espaço de uma linha deverão escrever as palavras chave em letras minúsculas, não devendo ser mais de quatro e justificadas do lado esquerdo.

Agradecimentos

Devem ser breves e só incluir pessoas ou instituições que tenham feito uma contribuição direta, tenham provido material necessário ou dado às facilidades para a realização do estudo.

Referências

A precisão na sinalização das referências é de responsabilidade dos autores e devem corresponder ao artigo original; assegurando que todos os artigos citados no texto estejam incluídos na lista de referências e vice-versa. No texto, as citações devem ser indicadas entre parênteses e em ordem cronológica, citando o sobrenome do autor e a expressão "e col" depois do sobrenome do primeiro autor, quando sejam mais de dois, Ex.: (Pérez 1994, Castro e Martínez 1996, Cifuentes e col 2002).

A lista de referências deve ser em ordem alfabética de acordo com o sobrenome do primeiro autor e deve incluir o sobrenome e iniciais de todos os autores. Quando não se dispõe do nome do autor, use o termo anônimo entre aspas, tanto no texto como na lista de referências. As referências, quando forem do mesmo autor, devem ser escritas na seguinte ordem: A. o autor só, B. dois autores alfabeticamente de acordo com o sobrenome do segundo autor, C. três ou mais autores cronologicamente. As letras a, b, c etc., devem ser incluídas como índice quando um autor escreve mais de um trabalho no mesmo ano. Os nomes dos autores devem ser escritos em minúsculas, sem ponto entre as iniciais. Os nomes das revistas e dos livros devem ser escritos em letras italizadas, usando a abreviatura padrão. Use os seguintes exemplos como guia.

Para artigos em revista:
Matamoros R, C Gómez, M Andaur. 2002. Hormonas de utilidad diagnóstica en medicina veterinária. Arch Med Vet 34, 167-182.

Severino G, M del Zompo. 2004. Adverse drug reactions: role of pharmacogenomics. Pharmacol Res 49, 363-373.

Para capítulos em livros ou publicações ocasionais:
Horneck DA, RO Miller. 1998. Determination of total nitrogen in plant tissue. In: Kalra YP (ed). Handbook of Reference Methods for Plant Analysis. 2nd ed. CRC Press, Washington DC, USA, Pp 75-83.

Flórez J. 1992. Fármacos analgésicos opiáceos. En: Flórez J (ed). Farmacología Humana. 2ª ed. Masson-Salvat, Barcelona, España, Pp 25-28.

WHO, World Health Organization. 1972. International Drug Monitoring: The role of national centres. Tech Rep Ser WHO Nº 48.

SAG, Servicio Agrícola y Ganadero, Chile. 1996. Resolución Exenta Nº 3599 del 29 de noviembre de 2006.

Weinstein L, MN Swartz. 1974. Pathogenic properties of invading microorganisms. In: Sodeman WA Jr, Sodeman WA (eds). Pathogenic physiology: Mechanism of Disease. WB.

Saunders, Philadelphia, USA, Pp 457-472.

Para artigos e resumos publicados em series regulares:
Contreras PA, V Ruiz, F Wittwer, H Böhmwald. 1998. Valores sanguíneos de triyodotironina (T3) e tiroxina (T4) em vacas lecheras del sur de Chile. Resúmenes del X Congreso Chileno de Medicina Veterinaria, Valdivia, Chile, Pp 135-136.

Para memória de título:
Matthei SM. 2002. Determinación de la presencia del receptor del factor activante plaquetario en membranas de neutrófilos de bovino. Memoria de titulación, Escuela de Medicina Veterinaria, Universidad Austral de Chile, Valdivia, Chile.

Para teses:
Vilanova LT. 2002. Presencia e funcionamiento del receptor GM-CSF en espermatozoides bovinos y su relación con la motilidad espermática. Tesis Doctoral, Facultad de Ciencias Veterinárias, Universidad Austral de Chile, Valdivia, Chile.

Minimize o uso de resumos como referências. Evite usar "dados não publicados" ou "comunicação pessoal" a menos que exista uma forma escrita. Se isto ocorrer, deve ter referencia no texto, mas não deve aparecer na lista de referências. As referências a trabalhos que tenham sido aceitos para publicação devem ser citadas como "em impressão", porém, trabalhos que tenham sido submetidos à publicação, mas não tenham sido aceitos ainda, devem ser referidos como "dados não publicados".

Endereços de páginas Web não devem ser incluídos nas referências, caso seu uso for imprescindível, o endereço deve ser sinalizado no texto como pé de página.

Instruções complementares

Quadros

A legenda dos quadros e figuras devem ser apresentadas em espanhol e inglês.
Os quadros devem ser em menor número possível, apresentados em folha aparte, com seus respectivos títulos em espanhol e inglês, na parte superior. A informação dos quadros não deve repetir o texto. Os quadros devem ser numerados consecutivamente com números arábicos, na ordem em que aparecem no texto, definindo um título breve e auto explicativo que indique seu conteúdo. Sobre cada coluna do quadro deve colocar se um cabeçalho curto ou abreviado. Só os cabeçalhos das colunas e os títulos gerais separam-se com linhas horizontais. As colunas de dados devem separarse por espaços e não por línhas verticais. Quando se requeira notas explicativas, devem agregar se ao pé do quadro. As notas explicativas para todas as abreviaturas não padronizadas e as unidades de medidas devem ser agregadas entre parênteses. Caso se use índices para sinalizar diferenças entre valores use a, b, c. Minimize o número de dígitos em cada coluna. Informe o valor de 0 como "0".

A largura máxima dos quadros não deve exceder os 80 mm para uma coluna, o os 170 mm para duas colunas.

Figuras

As figuras devem ser apresentadas em folhas separadas, com seus respectivos títulos em espanhol e inglês na parte inferior, e numerados consecutivamente usando números arábicos, seguindo a ordem em que aparecem no texto. Ex.: "Figura 1", não "Fig. 1". Denomine "figura" a qualquer ilustração que não seja quadro, Ex.: gráficos, radiografias, ecografias, eletrocardiogramas, fotografias, etc. As figuras devem ser orientadas verticalmente e acompanhadas de uma curta descrição na mesma folha, que contenha a explicação de todos os marcadores, linhas e símbolos usados. Se a figura tem seções, as mesmas devem ser identificadas como "a", "b", "c", etc., no canto superior direito e deverão ser descritas na legenda.

Para o caso de fotografias, no verso e com lápis, devem sinalizar com seta a orientação espacial, o número da figura e o nome do autor principal. Os símbolos, setas ou letras, empregadas nas fotografias devem ter um tamanho e contraste suficiente para distinguir seu contorno. Envie as figuras protegidas num envelope grosso e de tamanho apropriado. As figuras podem ocupar uma ou duas colunas de largura (80 e 170 mm, respectivamente). As reproduções em cores das figuras devem ser financiadas pelos autores.

Quando as figuras não são originais devem sinalizar se há autoria, e quando corresponda devem anexar a autorização do autor para serem reproduzidas.

Provas de impressão

Provas de impressão

  • Uma prova de impressão será enviada ao autor encarregado da correspondência, para sua leitura e correção pontual, e deverá ser devolvida ao editor dentro do prazo que se especifique. Por outra parte, o editor se reserva o direito de corrigir a prova de impressão cuidadosamente, mas sem assumir responsabilidade de tal, e desta maneira agilizar o processo de publicação.

  • A decisão final para a publicação do trabalho será no momento em que o Comitê Editor aceite as correções, que as sugestões dos árbitros tenham satisfeito aos autores. Modificações das provas de impressão que não sejam de erros menores não serão aceitas. Nem os editores nem a gráfica aceitarão responsabilidade pela impressão de erros dos artigos que os autores não tenham corrigido na prova de impressão.

[Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Universidad Austral de Chile
Facultad de Ciencias Veterinarias

Isla Teja s/n
Casilla 567
Valdivia - Chile
Tel.: (56-63) 221459
Fax: (56-63) 221354


archmv@uach.cl